Quadro de Maguito Vilela, prefeito licenciado de Goiânia, se agrava na UTI


Luana Franzão*, da CNN, em São Paulo
12 de janeiro de 2021 às 17:16
Maguito Vilela está internado no Hospital Albert Einstein desde 27 de outubro
Maguito Vilela está internado no Hospital Israelita Albert Einstein desde 27 de outubro
Foto: Reprodução / Maguito Vilela via Instagram

O prefeito de Goiânia, Luis Alberto Maguito Vilela — conhecido apenas como Maguito Vilela —, eleito no pleito municipal de 2020, tem piora no quadro que o mantém hospitalizado desde 27 de outubro de 2020.

De acordo com o Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, local onde se encontra o prefeito licenciado devido a seu estado de saúde, o prefeito enfrenta uma "infecção pulmonar grave".

 

"Segue na UTI, em diálise contínua, sedado, traqueostomizado em ventilação controlado, em tratamento de infecção pulmonar grave e drogas vasoativas em altas doses", afirma a atualização divulgada pelo hospital, assinada pelos médicos Carmen Barbas e Marcelo Rabahi, ambos pneumologistas, e Miguel Cendoroglo, diretor médico da instituição.

Ele havia sido internado em primeiro lugar por conta do agravamento da infecção por Covid-19, e foi entubado duas vezes desde então. A primeira vez três dias após a internação, e a segunda, no dia 15 de novembro — dia do primeiro turno das eleições municipais em todo o país. Vilela testou negativo para o novo coronavírus em dezembro, mas segue internado na Unidade de Tratamento Intesivo.

 

Em 11 de dezembro, Vilela passou por uma cirurgia para estancar um sangramento nos pulmões. Após o procedimento, seu quadro permanecia estável.

Em 1 de janeiro, ele tomou posse na UTI do Hospital Albert Einstein, mas quem comanda a prefeitura de Goiânia, por enquanto, é seu vice, Rogério Cruz (Republicanos).