Governo desiste de artistas e Zé Gotinha será estrela da campanha

Zé Gotinha é personagem-símbolo do Programa Nacional de Imunizações e encabeça as campanhas nacionais desde os anos 80

Caio Junqueira
Por Caio Junqueira, CNN  
14 de janeiro de 2021 às 20:08 | Atualizado 14 de janeiro de 2021 às 20:30

 

A CNN teve acesso aos dois primeiros vídeos da campanha publicitária da vacinação do Ministério da Saúde e que serão submetidos à aprovação do presidente Jair Bolsonaro.

Eles duram cerca de um minuto, cada um, e foram feitos pela agência Nova S/B, que venceu o pregão de R$ 50 milhões para a campanha. 

Ao contrário das outras agências que disputavam o certame, a Nova S/B não sugeriu artistas populares para apresentarem as peças. 

Em um dos vídeos, há uma música com o refrão “Somos um Brasil, somos uma só nação” e trechos dela que dizem “o Brasil está preparado para ser todo imunizado” e “em cada canto do país tem a saudade que aperta o coração”.

As imagens são de brasileiros desconhecidos, mas buscam mostrar a variedade de tipos físicos brasileiros. Há negros, brancos, pardos, indígenas, homens, mulheres, crianças, jovens e idosos.

No outro vídeo a ideia é a mesma, porém sem a música, apenas um locutor narrando um texto diferente. Ele também termina com “somos um Brasil, somos uma só nação”.

Segundo fontes, o “astro” da campanha será Zé Gotinha, personagem-símbolo do Programa Nacional de Imunizações e que encabeça as campanhas nacionais desde os anos 80.

O Ministério da Saúde também negocia coma Confederação Brasileira de Futebol para que a campanha adentre os estádios.