Mourão conversa com Pazuello sobre possível Ministério da Amazônia

‘Se for trabalhar no campo de projetos de desenvolvimento, dando musculatura para a Sudam, será uma boa ideia. Caso contrário, irá atrapalhar’, disse o vice

Por Igor Gadelha, CNN  
24 de março de 2021 às 09:41 | Atualizado 24 de março de 2021 às 10:30

Coordenador do Conselho da Amazônia, o vice-presidente Hamilton Mourão procurou o general Eduardo Pazuello nos últimos dias para tratar do possível Ministério Extraordinário da Amazônia, pasta que o presidente Jair Bolsonaro avalia criar para abrigar o agora ex-ministro da Saúde.

“Conversei e passei a orientação: se for para trabalhar no campo de projetos de desenvolvimento, dando musculatura para a Sudam (Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia), será uma boa ideia. Caso contrário, só irá atrapalhar”, disse Mourão à CNN.

O vice-presidente minimizou o impacto da possível criação da pasta para o Conselho da Amazônia. Para ele, o eventual novo ministério não esvaziará as funções do colegiado que coordena. “Será mais um ministério no Conselho”, afirmou Mourão, que é general da reserva do Exército.

No Planalto, auxiliares de Bolsonaro afirmam que a ideia da nova pasta ainda não foi descartada. Uma minuta da proposta de criação do ministério já teria sido enviada para avaliação da área jurídica do Planalto, mas o presidente ainda não bateu martelo sobre o destino de Pazuello.