Novos diretores da PF e PRF tomam posse; ministro da Justiça cita ‘continuidade'

Paulo Maiurino (PF) e Silvinei Vasques (PRF) tomaram posse em cerimônia restrita em Brasília

Igor Gadelha
Por Igor Gadelha, CNN  
08 de abril de 2021 às 16:09 | Atualizado 08 de abril de 2021 às 16:22
Posse dos novos diretores da PF e da PRF
Posse do novos diretores-geral da Polícia Federal, Paulo Maiurino (à esquerda), e da Polícia Rodoviária Federal, Silvinei Vasques; ao centro, o ministro da Justiça, Anderson Torres
Foto: Divulgação/Daniel Estevão/MJSP

Um dia após serem nomeados, os novos diretores-gerais da Polícia Federal, Paulo Maiurino, e da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Silvanei Vasques, tomaram posse no início da tarde desta quinta-feira (8).

Em razão da pandemia da Covid-19, a posse ocorreu em uma cerimônia fechada e com a presença de poucas pessoas, no gabinete do ministro da Justiça, Anderson Torres, na sede da pasta, em Brasília.

Segundo apurou a CNN com fontes presentes, em seu rápido discurso, Torres agradeceu ao trabalho do delegado Rolando Alexandre à frente da PF e disse que a troca no comando não significava uma ruptura.

De acordo com essas fontes, o novo ministro afirmou que o trabalho de Maiurino será de “continuidade”. Ressaltou ainda que a pandemia é um momento “grave” e que a área de segurança pública precisa ajudar nessa fase.