Após teste negativo para Covid-19, Bolsonaro planeja balanço para mil dias de governo

Presidente fará série de viagens pelo país ao longo da semana

Galton Séda CNN

Em Brasília

Ouvir notícia

O governo Bolsonaro completa mil dias nesta segunda-feira (27), e o presidente planeja fazer um balanço do período, agora que testou negativo para Covid-19 e pode sair do isolamento a que está submetido desde que voltou dos Estados Unidos.

Além de uma cerimônia nesta segunda-feira no Palácio do Planalto em comemoração à data, apresentando os feitos de 1º de janeiro de 2019 até agora, haverá uma série de viagens pelo país de terça (28) a sexta-feira (1), percorrendo com ministros as regiões: Nordeste na terça (28), Norte na quarta (29), Sudeste na quinta (30) e Sul na sexta-feira (1). As viagens têm como objetivo realizar a entrega de obras e anúncios de parcerias com gestores municipais e estaduais.

Quatro integrantes da comitiva presidencial que compareceram à Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) testaram positivo para a doença, incluindo o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, um diplomata, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente, e o presidente da Caixa, Pedro Guimarães. Queiroga permanece em Nova York e trocou de hotel na sexta-feira (24).

Na semana, outros dois ministros do governo Bolsonaro tiveram o diagnóstico confirmado para a doença: o advogado-geral da União, Bruno Bianco, e a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina.

Mais Recentes da CNN