Bolsonaro cumprimenta Moraes em posse de ministros do TST

Durante cerimônia, presidente permaneceu imóvel enquanto presentes aplaudiram ministro do Supremo

Gabriela CoelhoRenata Souzada CNN

em Brasília e São Paulo

Ouvir notícia

Durante evento de posse de quatro ministros do Tribunal Superior do Trabalho (TST), realizado na tarde desta quinta-feira (19), o presidente Jair Bolsonaro (PL) cumprimentou o ministro Alexandre de Moraes, com quem vive uma queda de braço.

Quando citado pela cerimonialista, o magistrado do Supremo Tribunal Federal (STF) foi aplaudido pelos presentes, incluindo o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Edson Fachin. Bolsonaro, no entanto, permaneceu imóvel.

As tensões entre o presidente da República e o ministro se acirraram após a condenação do deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ) pela Corte a oito anos e nove meses de prisão. Bolsonaro concedeu o perdão da pena ao parlamentar.

Na cerimônia de hoje (19), o desembargador Sergio Pinto Martins tomou posse do cargo de ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST).

Os ministros Amaury Rodrigues, Alberto Balazeiro e Morgana Richa, que haviam sido empossados de forma administrativa durante a pandemia, também tomaram posse.

O presidente Jair Bolsonaro, que não discursou no evento, condecorou os ministros recém-empossados.

Logo após a condecoração, Bolsonaro fez um gesto para Moraes se levantar e apertou a mão do ministro do STF. O presidente, que estava sorrindo pouco antes, cumprimentou rapidamente Moraes.

Mais Recentes da CNN