Delegada e deputada, Martha Rocha é oficializada como candidata do PDT no Rio

Parlamentar foi a primeira mulher a ser chefe da Polícia Civil do Rio de Janeiro e está na Alerj desde 2015

A delegada aposentada e deputada estadual Martha Rocha, candidata a prefeita do Rio de Janeiro pelo PDT
A delegada aposentada e deputada estadual Martha Rocha, candidata a prefeita do Rio de Janeiro pelo PDT Foto: José Cruz/Agência Brasil

Guilherme Venaglia e Thayana Araújo, da CNN, em São Paulo e no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

O PDT realizou a sua convenção municipal do Rio de Janeiro neste sábado (12) e confirmou a candidatura da delegada aposentada e deputada estadual Martha Rocha a prefeita do Rio de Janeiro.

O PDT havia fechado um acordo com a Rede e o PSB, que resultaria em uma candidatura dos três partidos formada por Martha e pelo ex-presidente do Flamengo Eduardo Bandeira de Mello (Rede).

A definição de quem concorreria a prefeito e quem concorreria a vice, diz a Rede, seria definida através de pesquisas eleitorais. O partido de Bandeira de Mello e Marina Silva criticou o anúncio feito neste sábado pelo PDT.

“O PDT tomou a decisão de lançar a candidatura de Martha Rocha à prefeitura do Rio mesmo antes de encerrar a pesquisa encomendada pela Frente Rede/PDT/PSB para definir quem seria o candidato em melhores condições”, disse o partido.

“Diante disso vamos continuar dialogando com o PSB sobre os caminhos a serem tomados”, conclui a Rede.

Assista e leia também:
Chapa de Eduardo Paes escolhe Nilton Caldeira, do PL, como candidato a vice
Republicanos confirma candidatura de Crivella à reeleição no Rio
Convenção do PSD lança Hugo Leal candidato à prefeitura do Rio

Martha Rocha está no segundo mandato como deputada estadual. Antes de entrar para a política, ficou conhecida por ser a primeira mulher a assumir a chefia da Polícia Civil do Rio de Janeiro.

Entre os candidatos já confirmados na disputa municipal do Rio de Janeiro, estão o atual prefeito Marcelo Crivella (Republicanos), o ex-prefeito Eduardo Paes (DEM), os deputados federais Clarissa Garotinho (Pros), Hugo Leal (PSD) e Luiz Lima (PSL), a deputada estadual Renata Souza (PSOL), o ex-CEO do Flamengo Fred Luz (Novo) e a ex-juíza Glória Heloíza (PSC).

(Com informações de Stéfano Salles, da CNN, no Rio de Janeiro)

Mais Recentes da CNN