E Tem Mais: Fascismo, antifascismo e as manifestações no Brasil

Monalisa Perrone conversa com cientista político sobre os dois conceitos que tiveram pico de buscas no Google após manifestações em 31 de maio

O podcast E Tem Mais é publicado de segunda a sexta, sempre no início da manhã
O podcast E Tem Mais é publicado de segunda a sexta, sempre no início da manhã Foto: CNN Brasil

Lorena Lara, da CNN em São Paulo

Ouvir notícia

Nas últimas semanas, novos grupos foram às ruas nas principais cidades do país, mesmo sob o risco de contágio da Covid-19. Com bandeiras diversas, entre as quais protestos contra o governo Bolsonaro, o racismo e a violência policial, parte dos manifestantes se autodeclara antifascita, o que provocou uma onda de interesse pelos termos “fascismo” e “antifascismo”. No E Tem Mais desta quarta (10), Monalisa Perrone conversa com o cientista político Claudio Couto, da Fundação Getúlio Vargas (FGV) para entender esses dois conceitos e por que servem de inspiração para protestos até hoje. O repórter Renan Fiuza, autor de uma reportagem com um grupo que se autodenomina antifascista de São Paulo, relata o que viu e ouviu.

Leia mais:

Em comunicado, grupo antifa explica entrevista à CNN

Chico Alencar e Gurgel Soares discordam sobre ‘democracia’ do movimento Antifas

Manifestantes jogam tinta vermelha na rampa do Palácio do Planalto

Ouça e assine os podcasts da CNN Brasil gratuitamente:

5 Fatos

Abertura de Mercado

América Decide

Carteira Inteligente

CNN Líderes

Coronavírus: Fato x Ficção

Horário de Brasília

Na Palma da Mari

O Grande Debate

O Mundo Pós-Pandemia

O Que Eu Faço?

Todo o conteúdo da grade digital da CNN Brasil é gratuito.

Mais Recentes da CNN