Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Helder Barbalho é eleito presidente do Consórcio Amazônia Legal para 2023

    Grupo é formado por governadores de nove estados que compõem a região; o emedebista substitui Waldez Góes, do Amapá

    Helder Barbalho (MDB) em evento que discute reformas tributárias
    Helder Barbalho (MDB) em evento que discute reformas tributárias Reprodução / Agência Pará

    Danilo Moliternoda CNN

    São Paulo

    O governador reeleito do Pará, Helder Barbalho (MDB), foi escolhido, em votação realizada nesta segunda-feira (19), para presidir o Consórcio Amazônia Legal (CAL) durante o ano de 2023.

    “Me sinto muito honrado e feliz por ter sido eleito, por unanimidade, pelos estados amazônicos, como presidente do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Legal. Agradeço a todos os governadores”, escreveu Barbalho em suas redes sociais horas após a eleição.

    O emedebista irá substituir o atual presidente do grupo, Waldez Góes (PDT), governador do Amapá.

    Em foto publicada por Barbalho, aparecem na reunião virtual, além do pedetista, os governadores reeleitos do Amazonas, Tocantins, Acre e Mato Grosso, Wilson Lima (União Brasil), Wanderlei Barbosa (Republicanos), Gladson Cameli (PP) e Mauro Mendes (União Brasil), respectivamente.

    O Consórcio é formado pelos governadores dos nove estados que compõem a região: Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Maranhão, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. As unidades federativas ocupam 59% do território brasileiro, com uma população de mais de 29,3 milhões de pessoas.

    O CAL é um grupo que tem como objetivo transformar a Amazônia Legal em uma região competitiva, integrada e sustentável até 2030.