Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Lula se reúne com Arthur Lira para discutir pautas prioritárias

    Segundo o presidente da Câmara, foram discutidos temas como as reformas tributária e do Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais)

    Da CNN

    O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se reuniu na tarde desta sexta-feira (16) com o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) para discutir pautas consideradas como prioritárias para o governo.

    A reunião não constava na agenda oficial de nenhum dos dois e durou cerca de uma hora. Lira chegou ao Palácio da Alvorada, residência oficial do presidente da República, por volta de 14h20.

    Pouco depois do encontro, Lira utilizou suas redes sociais para falar sobre o que foi discutido com Lula. Segundo ele, foram discutidas “as pautas para o crescimento do país, especialmente a reforma tributária e a do Carf [Conselho Administrativo de Recursos Fiscais]”.

    “Ouvi dele [Lula] a intenção de reduzir o envio de MPs [Medidas Provisórias], um anseio do Congresso Nacional”, afirmou Lira. Ele garantiu que a questão das eventuais mudanças nos ministérios não foi tratada na reunião.

    “Tratamos do bom momento da economia brasileira, a intenção de trabalharmos juntos pelo país, e as recentes aprovações de matérias pela Câmara dos Deputados com esse objetivo”, acrescentou o presidente da Câmara.

    Lira escreveu também que como ele e Lula viajarão nos próximos dias, eles ficariam cerca de 15 dias sem se encontrar caso a reunião desta sexta não fosse realizada. Lula vai à Europa na semana que vem, onde vai se encontrar com o papa Francisco e com o presidente da França, Emmanuel Macron.

    A reunião foi a segunda entre Lula e Lira nos últimos 11 dias. No último dia 5, Lira se reuniu com Lula para tomar um café da manhã também na residência oficial da presidência da República. O segundo encontro ocorreu em meio aos esforços do governo federal para melhorar a relação com o Congresso e no momento em que se especula nos bastidores uma eventual entrega do Ministério da Saúde ao Centrão. A pasta é cobiçada pelo partido de Lira.

    Apesar dos acenos do chefe do Executivo de que haverá a substituição de Daniela Carneiro (União Brasil-RJ) por Celso Sabino (União Brasil-PA) no Ministério do Turismo para melhorar a relação do governo na Câmara, especialmente com o União Brasil, deputados avaliam que a troca envolve uma pasta “pequena” e não resolve o problema do Executivo.

    (Publicado por Fábio Munhoz. Com informações do Estadão Conteúdo)