Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Lula vai usar máscara em eventos até cirurgia no quadril

    Presidente está seguindo a orientação dos médicos para se proteger de doenças respiratórias na véspera da cirurgia no quadril, marcada para a próxima sexta-feira (29)

    O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) discursou de máscara ao lado do primeiro-ministro do Vietnã, Pham Minh Chinh, nesta segunda-feira (25)
    O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) discursou de máscara ao lado do primeiro-ministro do Vietnã, Pham Minh Chinh, nesta segunda-feira (25) Reprodução/TV Brasil

    Pedro Teixeirada CNN

    Brasília

    O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) chegou ao Itamaraty nesta segunda-feira (25) de máscara para receber o primeiro-ministro do Vietnã, Pham Minh Chinh. A proteção será utilizada por recomendação médica até a data da cirurgia que fará no quadril, marcada para sexta-feira (29).

    O ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, explicou que o presidente foi orientado a utilizar a proteção durante eventos públicos e em reuniões maiores. A medida é para evitar qualquer situação que atrapalhe ou mesmo atrase a cirurgia.

    O procedimento será realizado na unidade do Hospital Sírio-Libanês em Brasília para proporcionar maior conforto a Lula e evitar locomoções desnecessárias no pós-operatório. Mas a equipe responsável será a de São Paulo, que já o acompanha há anos.

    “É uma cirurgia na qual a gente substitui a cabeça do fêmur por uma cabeça protética e é feito um revestimento na região da bacia conhecida por acetábulo, que é onde ocorre o encaixe da cabeça do fêmur na bacia, com uma taça ou uma cúpula acetabular”, explicou Leandro Ejnisman, ortopedista do Hospital Israelita Albert Einstein, à CNN.

    Veja também – Aliados defendem que Lula trabalhe no Alvorada até se recuperar de cirurgia