Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Ministério do Desenvolvimento Social libera R$ 141 milhões para enfrentamento da tragédia no RS

    A medida, publicada nesta segunda (27) no Diário Oficial da União (DOU), prioriza o atendimento à população vulnerável

    Montante ao Rio Grande do Sul inclui recursos remanescentes da pandemia de Covid-19
    Montante ao Rio Grande do Sul inclui recursos remanescentes da pandemia de Covid-19 Gustavo Mansur/Palácio Piratini

    Da CNN

    O Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome disponibilizou R$ 141.264.933,69 para combater os efeitos das fortes chuvas no estado do Rio Grande do Sul.

    O objetivo é apoiar as famílias afetadas no processo de retomada da vida, com ações referentes a alojamentos, alimentação e higiene.

    Na prática, saldos remanescentes de 497 fundos municipais de assistência social e do fundo estadual do Rio Grande do Sul poderão ser utilizados com mais agilidade. O repasse se dará por meio do Sistema de Gestão de Transferência Voluntária (SIGTV).

    O montante está disponível em contas correntes dos Blocos de Proteção Social Básica e Especial e do Piso Variável de Alta Complexidade (PVAC) e inclui ainda recursos remanescentes da pandemia de Covid-19.

    O documento prevê, entre outros pontos:

    Em uma live na tarde desta segunda-feira (27), o governo federal esclareceu dúvidas e orientou os gestores públicos na utilização dos recursos com transparência.

    O Fundo Nacional de Assistência Social (FNAS) esclareceu, durante a transmissão, que o dinheiro não poderá ser aplicado na compra de itens que configurem benefício eventual, como cestas básicas, enxovais e próteses, nem para construção ou ampliação de qualquer imóvel.

    VÍDEO: RS autoriza repasse de R$ 70 milhões para a saúde