Não aceitaremos adiar prévias para 2022, diz presidente do PSDB de SP

Marco Vinholi, também secretário de Desenvolvimento Regional do estado, disse à CNN que "o maior interessado na votação" é o diretório paulista

Giovanna GalvaniElis Francoda CNN*

em São Paulo

Ouvir notícia

Após problemas nas prévias do PSDB para escolher quem irá disputar a Presidência da República em 2022 – processo suspenso por um problema no aplicativo de votação ontem –, Marco Vinholi, presidente do PSDB de São Paulo e secretário de Desenvolvimento Regional do estado, afirmou à CNN nesta segunda-feira (22) que o diretório paulista não irá aceitar o adiamento da escolha para 2022.

Segundo Vinholi, a parte “mais interessada” em dar andamento às votações internas do partido é o diretório comandado por ele, já que, segundo o secretário, 62% dos filiados ao PSDB que não conseguiram votar são de São Paulo.

Concorrem à posição de pré-candidato do partido o governador de São Paulo, João Doria, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, e o ex-prefeito de Manaus (AM), Arthur Virgílio Neto.

“Não vamos aceitar, sobretudo depois de ter maioria da comissão eleitoral pró-Leite e acompanhar aplicativo feito por entidade do Rio Grande do Sul, que se discuta qualquer tipo de postergação de prévias para o ano que vem. Não vamos aceitar de forma alguma”, disse o secretário.

De acordo com Vinholi, a data e a maneira como a retomada das eleições será feita ainda está sendo definida pelo partido.

Até o momento, as campanhas de Doria e Arthur Virgílio defendem que o pleito seja retomado no próximo domingo, dia 28. Eduardo Leite, por outro lado, quer que a retomada seja feita até a terça-feira (23).

Questionado sobre a avaliação de especialistas de que o PSDB sai “enfraquecido” do processo paralisado, Vinholi afirmou que o vencedor das prévias deverá “unir os outros pré-candidatos” e o restante do partido para “dialogar com o centro democrático em torno de plataformas de desenvolvimento para o Brasil”, opinou.

“Acho que isso vai acontecer de maneira muito razoável. A gente já via esse clima de união para o fim do processo”, disse.

“Vamos às previas, tenho certeza que todos estão imbuídos para que se conclua esse processo e apresentar não só um nome do partido para a sociedade, mas um conjunto de pessoas que representam aquilo que o PSDB tem como ideal da social democracia para o Brasil”.

O presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, irá se reunir com representantes partidários e responsáveis técnicos ainda nesta segunda para definir os trâmites das prévias. Em entrevista à CNN, Araújo afirmou que o parecer técnico sobre a falha do aplicativo poderá ser apresentado também hoje.

“No início da tarde, haverá parecer técnico dos representantes do três candidatos sobre o real status e diagnóstico do aplicativo para entender qual é o tempo de resolução dele. Se for de curtíssimo prazo, a ideia é que seja disponibilizado praticamente que imediatamente para o filiado. Se a posição for outra, as campanhas vão ter de dialogar para saber como vamos fechar essa parte para fechar o resultado”, disse Araújo.

*Com informações de Pedro Teixeira, da CNN

Mais Recentes da CNN