Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Não há fundamento jurídico para novas ações contra a convenção, diz presidente do MDB

    Convenção do partido está marcada para esta quarta-feira (27)

    O presidente do MDB Baleia Rossi e a pré-candidata à Presidência pelo partido, senadora Simone Tebet
    O presidente do MDB Baleia Rossi e a pré-candidata à Presidência pelo partido, senadora Simone Tebet Reprodução Twitter

    Renata Agostinida CNN

    Ouvir notícia

    O presidente do MDB, Baleia Rossi, diz que não vê espaço para novos questionamentos à realização da convenção do partido, marcada para esta quarta-feira (27). A resposta rápida do Tribunal Superior Eleitoral (TSE ), que negou pedido de um delegado emedebista para cancelar a convenção em formato virtual, foi vista como uma vitória e um gesto que esvazia novas tentativas da ala pró-Lula no partido.

    “Não há nenhum fundamento jurídico para novas ações”, afirmou Baleia Rossi.  “Está tudo preparado para a convenção”.

    Segundo ele, além da confirmação da candidatura de Simone Tebet, o nome do vice na chapa da senadora também deve ser anunciado nesta quarta. O mais cotado para ocupar o posto era o senador Tasso Jereissati, do PSDB.

    Roberto Freire disse a ela que Tasso ainda não desistiu. Se vier desistência do PSDB e de Tasso, que é o preferido de todos, aí sim Cidadania irá apresentar o nome. O nome da senadora Eliziane Gama, do Cidadania, passou a ser considerado. A convenção virtual está prevista para começar às 10h.

    “Neste caso, Eliziane Gama é um grande nome. Manteremos a unidade”.

    Ele diz que decisão de nome da vice não deve sair amanha, só a confirmação de Tebet.

    Além de Tebet e do próprio Baleia Rossi, lideranças estaduais do partido farão discursos. Nos bastidores, a cúpula do MDB cita a ação negada pelo TSE para sustentar que não houve apoio de grande parte da legenda ao movimento capitaneado pelo senador Renan Calheiros como se anunciava até agora.

    Mas há estado de atenção, já que o grupo que advoga contra a candidatura própria de Tebet diz que ainda irá se movimentar. Esses filiados entendem que o MDB deveria seguir com o PT na corrida presidencial.

     

    Mais Recentes da CNN