Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Os culpados pagarão e vamos virar essa página, disse Lula a generais

    Em reunião com os comandantes das Forças Armadas nesta sexta-feira (20), o presidente afirmou que as investigações “vão até o fim”

    Raquel Landimcolaboração para a CNN

    O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse, em reunião com os comandantes das Forças Armadas nesta sexta-feira (20), que “quem destruiu, quem financiou” os atos criminosos do dia 8 de janeiro em Brasília vai pagar e que as investigações “vão até o fim”.

    Lula também fez questão de mandar uma mensagem de conciliação. “Depois disso, vamos virar essa página e vamos investir no Brasil”, disse.

    As declarações foram dadas já no final do encontro, conforme relato de participantes feitos à CNN. A maior parte da reunião girou em torno de alternativas para viabilizar investimentos em projetos das Forças Armadas, que são vultosos e difíceis de financiar diante das dificuldades sociais do país.

    O encontro entre o presidente e os comandantes das Forças Armadas foi antecipado depois dos atos criminosos, que depredaram as sedes dos Três Poderes no início do mês. O objetivo é criar uma agenda positiva e pacificar a relação entre o presidente e os militares.

    Em entrevista coletiva dada após a reunião desta quarta, o ministro da Defesa, José Múcio, disse que as Forças Armadas “não tem responsabilidade” sobre os atos criminosos, mas que militares que tiverem participado serão punidos como pessoas físicas.