Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Paulinho da Força diz ao PT que não quer revogação da reforma trabalhista

    O presidente do Solidariedade acredita que uma mudança pontual seria suficiente

    Fernanda Pinottida CNN

    Em São Paulo

    Ouvir notícia

    O presidente do Solidariedade, deputado Paulo Pereira da Silva, conhecido como Paulinho da Força, sinalizou ser contra uma possível revogação da reforma trabalhista em reunião com integrantes do Partido dos Trabalhadores (PT) e da Central Única dos Trabalhadores (CUT). As informações são da âncora da CNN Daniela Lima.

    Na última semana, o Partido dos Trabalhadores fez críticas à reforma trabalhista realizada em 2017. As manifestações geraram preocupação no mercado financeiro de que a candidatura de Lula (PT) à Presidência traga o assunto como bandeira.

    O presidente do Solidariedade representa também a opinião de boa parte da Força Sindical, que, segundo ele, não estaria interessada na revogação da reforma ou na volta do imposto sindical.

    De acordo com Paulinho, uma mudança pontual no artigo que define o acordado sobre o legislado para valorizar as decisões tomadas em assembleia sindical seria suficiente.

    A manifestação pode ajudar a acalmar os mercados, já que um dos principais nomes do movimento sindical deixa claro não ser a favor da revogação total da reforma.

    Veja os possíveis candidatos à Presidência da República em 2022

    Mais Recentes da CNN