Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Posso votar para prefeito e vereador se eu estiver fora da minha cidade?

    Saiba o que fazer caso você não esteja em seu domicílio eleitoral no dia da votação

    Eleitores que estiverem fora de sua cidade não poderão usar o votar em trânsito
    Eleitores que estiverem fora de sua cidade não poderão usar o votar em trânsito Abdias Pinheiro/SECOM/TSE

    Manoela Carluccida CNN*

    São Paulo

    O eleitor que estiver fora da sua cidade eleitoral no dia da eleição não poderá votar para prefeito nem vereador.

    A eleição deste ano está marcada para 6 de outubro. Nas cidades com possibilidade de segundo turno, é possível que eleitores voltem às urnas em 27 de outubro.

    O que fazer se você não estiver na sua cidade?

    Neste caso, deverá justificar a sua ausência na votação. 

    Não há voto em trânsito na eleição municipal?

    Não. O voto em trânsito só acontece nas eleições gerais. Ele não é utilizado nos pleitos para escolha de prefeitos e vereadores.

    O voto em trânsito é quando os eleitores que não estão em seu domicílio eleitoral podem votar em urnas especialmente instaladas nas capitais e nos municípios com mais de 100 mil eleitores. 

    Não vou poder votar; como justifico o voto?

    É possível justificar o voto a partir do e-Título ou por meio do Requerimento de Justificativa Eleitoral, que deve ser entregue nas mesas receptoras de votos ou de justificativas instaladas em locais que serão divulgados pelos Tribunais Regionais Eleitorais. 

    O requerimento pode ser obtido no site do Tribunal Superior Eleitoral ou então em cartórios eleitorais. No momento de entrega do documento, será preciso apresentar um documento oficial com foto. 

    Nesse processo, não é necessário anexar nenhum documento que comprove o motivo da ausência do eleitor. 

    A justificativa é válida para o turno em que o eleitor não puder comparecer ou estiver fora do seu domicílio eleitoral. Portanto, caso tenha deixado de votar nos dois turnos, será necessário justificar a ausência em cada um deles, separadamente. 

    *Sob supervisão de Nathan Lopes