PP na Casa Civil pode prenunciar filiação de Bolsonaro para 2022

Avaliação é feita por dirigentes de siglas de centro; senador Ciro Nogueira confirmou à CNN interesse em aceitar cargo em ministério

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

A confirmação do senador Ciro Nogueira, presidente do Progressistas (PP), à Casa Civil pode ser o prenúncio da filiação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ao partido para disputar as eleições de 2022. As informações são da âncora da CNN Daniela Lima.

À CNN, Nogueira confirmou uma ligação para o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), nesta quarta-feira (21) sinalizando interesse em aceitar o cargo como ministro do governo Bolsonaro

Presidentes de partidos de centro afirmam que Nogueira na Casa Civil é uma sinalização que Bolsonaro faz para a política, após ameaças ao pleito eleitoral em defesa do voto auditável. O entendimento é que o senador do Piauí é um político de atuação discreta, não é dado a embates públicos e, por isso, poderia amenizar os ânimos no Palácio do Planalto.

Mas aliados de Ciro veem um risco do presidente do PP se tornar ministro: uma possível aproximação de Bolsonaro mudar o seu estilo de discurso, a exemplo do que ocorreu com Fabio Faria, ministro das Comunicações. Apesar do risco, Nogueira é visto como um político experiente e que se blindaria.

Se Ciro Nogueira for mesmo para a Casa Civil e, depois, Bolsonaro para o Progressistas, a sigla terá a chance de montar uma grande bancada no Congresso nas eleições de 2022.

 

Mais Recentes da CNN