Quadro de Maguito Vilela, prefeito licenciado de Goiânia, se agrava na UTI

De acordo com o Hospital Israelita Albert Einstein, o prefeito enfrenta uma "infecção pulmonar grave"

Maguito Vilela está internado no Hospital Israelita Albert Einstein desde 27 de outubro
Maguito Vilela está internado no Hospital Israelita Albert Einstein desde 27 de outubro Foto: Reprodução / Maguito Vilela via Instagram

Luana Franzão*,

da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

O prefeito de Goiânia, Luis Alberto Maguito Vilela — conhecido apenas como Maguito Vilela —, eleito no pleito municipal de 2020, tem piora no quadro que o mantém hospitalizado desde 27 de outubro de 2020.

De acordo com o Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, local onde se encontra o prefeito licenciado devido a seu estado de saúde, o prefeito enfrenta uma “infecção pulmonar grave”.

 

“Segue na UTI, em diálise contínua, sedado, traqueostomizado em ventilação controlado, em tratamento de infecção pulmonar grave e drogas vasoativas em altas doses”, afirma a atualização divulgada pelo hospital, assinada pelos médicos Carmen Barbas e Marcelo Rabahi, ambos pneumologistas, e Miguel Cendoroglo, diretor médico da instituição.

Ele havia sido internado em primeiro lugar por conta do agravamento da infecção por Covid-19, e foi entubado duas vezes desde então. A primeira vez três dias após a internação, e a segunda, no dia 15 de novembro — dia do primeiro turno das eleições municipais em todo o país. Vilela testou negativo para o novo coronavírus em dezembro, mas segue internado na Unidade de Tratamento Intesivo.

 

Em 11 de dezembro, Vilela passou por uma cirurgia para estancar um sangramento nos pulmões. Após o procedimento, seu quadro permanecia estável.

Em 1 de janeiro, ele tomou posse na UTI do Hospital Albert Einstein, mas quem comanda a prefeitura de Goiânia, por enquanto, é seu vice, Rogério Cruz (Republicanos).

Mais Recentes da CNN