Renan Calheiros escala tropa de elite técnica para analisar documentos da CPI

Uma das escolhidas por Calheiros é uma auditora do TCU que trabalha na secretaria executiva que analisava assuntos do Ministério da Saúde

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

 

Confirmado como relator da CPI da Pandemia, o senador Renan Calheiros (MDB-AL) já começou a montar a equipe que vai ajudá-lo a analisar os dados e documentos da investigação. Na equipe de quatro pessoas que vai auxiliar o parlamentar dois são auditores do Tribunal de Contas da União que já tem familiaridade com os documentos que serão usados na CPI. As informações são da âncora da CNN Daniela Lima.

Uma das escolhidas por Calheiros é uma auditora do TCU que trabalha na secretaria executiva que analisava assuntos da saúde. Passaram por ela todos os relatórios de gastos de dinheiro público para produzir cloroquina, levantamento de dados que indicaram a ineficiência e a falta de plano de comunicação nacional, além de dados que indicam falhas do Ministério da Saúde durante a pandemia. 

 

Foram estes documentos que motivaram o TCU a abrir um processo contra o ex-ministro Eduardo Pazuello.

Outro auditor do TCU chamado por Calheiros é especialista em licitações e contratos. Ele deve analisar contratos e contatos feitos por órgãos do governo que levaram a gastos com medicamentos e kit intubação.

A ideia é que estes auditores ajudem o relator da CPI a passar um pente fino nos gastos e ações do governo federal durante a pandemia.

Renan Calheiros e Omar Aziz
Renan Calheiros e Omar Aziz
Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

 

Mais Recentes da CNN