“Respeitosamente, movimento de Alckmin constrange”, afirma presidente do PSDB

Ex-governador deve formalizar entre esta sexta-feira (3) e sábado (4) sua saída do PSDB

Isabela Filardida CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

O ex-governador Geraldo Alckmin deve formalizar entre esta sexta-feira (3) e sábado (4) sua saída do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB). Segundo seus aliados, ele está terminando de analisar o caminho a seguir. As informações são da âncora da CNN Daniela Lima.

O Partido Social Democrático (PSD) tem intenção de lançar Alckmin como governador nas eleições do ano que vem. Os aliados de Alckmin, no entanto, afirmam que ele está tentado a ser vice de Lula (PT) na disputa pela Presidência.

Bruno Araújo, presidente do PSDB, afirmou à âncora da CNN Daniela Lima que. “muito respeitosamente, Geraldo Alckmin, neste momento, se movimenta de forma que constrange o partido”

Muitos filiados ao PSDB, inclusive, concordam que Alckmin deve sair, principalmente após essa sinalização de ser vice de Lula, que é um dos principais rivais do partido.

Veja os possíveis candidatos à Presidência da República em 2022

Mais Recentes da CNN