Veja as reações dos partidos às falas de Jair Bolsonaro

CNN separou as reações dos principais partidos brasileiros

Da CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

As declarações do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) durante as manifestações que ocorreram neste feriado de 7 de Setembro, em Brasília e em São Paulo, repercutiram no mundo político. A CNN separou as reações dos principais partidos brasileiros. 

PSDB: Reunião da executiva da sigla vão discutir nesta quarta-feira (8) qual será o posicionamento dos tucanos;

PSD: Partido de Gilberto Kassab criou uma comissão de acompanhamento de um possível impeachment de Bolsonaro;

Solidariedade: Marcou reunião da bancada na próxima semana;

MDB: Fará uma consulta aos líderes do partido;

PDT: Ajuda na articulação da oposição por meio de seu presidente, Carlos Lupi;

PT: Articulação a oposição e pressiona o presidente do Congresso, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), para devolver a medida provisória das redes sociais;

PSL e DEM: Soltaram notas de repúdio criticando as falas de Bolsonaro;

PSB: Faz conversas com partidos.

Atos

Durante seu primeiro discurso em Brasília, Bolsonaro não citou nominalmente nenhum dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), mas afirmou que quem age fora da Constituição “deve ser enquadrado” ou “pedir para sair”.

Em São Paulo, o presidente foi ainda mais incisivo e acrescentou que “só Deus” o tira de Brasília e que ele nunca será preso.

 

Mais Recentes da CNN