Paes diz que espera começar vacinação contra Covid-19 em janeiro no Rio

Paes disse confiar no Plano Nacional de Vacinação e afirmou que dará mais detalhes nos próximos dias

Lucas Janone, da CNN, no Rio de Janeiro
17 de dezembro de 2020 às 14:35 | Atualizado 17 de dezembro de 2020 às 19:10
Eduardo Paes, prefeito eleito do Rio de Janeiro, fala à imprensa em frente a sua casa
Foto: Pauline Almeida/CNN Brasil

 

Logo após a assinatura da Medida Provisória pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) que destinou R$ 20 bilhões para a compra de vacinas contra a Covid-19, o prefeito eleito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (DEM), disse, durante uma live nesta quinta-feira (17), que espera iniciar a imunização em janeiro de 2021 na capital fluminense. 

Paes disse confiar no Plano Nacional de Vacinação e afirmou que dará mais detalhes nos próximos dias. "Se Deus quiser, a partir de janeiro a gente já estará vacinando", disse.

Leia também:

Bolsonaro minimiza desentendimentos e prega união ao lançar plano de imunização 

5 perguntas sobre vacinação contra Covid-19 que devem ser respondidas no Senado

“O vírus voltou com força. Acho que todo mundo que está assistindo aqui conhece alguém que está com o vírus, alguém que infelizmente veio a falecer em razão do coronavírus. As pessoas têm que ter compreensão. Pessoas mais velhas, essas têm que fazer o seu auto lockdown. Tem que ficar em casa”, disse Paes. 

O alerta de Paes em relação à Covid-19 acontece um dia após a pesquisa divulgada pela Universidade Federal de Viçosa (UFV), que mostra a cidade do Rio de Janeiro como líder no ranking de municípios brasileiros que mais confirmaram mortes pelo novo coronavírus nas últimas duas semanas.

Destaques do CNN Brasil Business:

Strada, Tracker e elétrico da Audi: relembre carros lançados em 2020 no Brasil

Governo prevê salário mínimo de R$ 1.088, mas valor pode ter que ser maior

Bitcoin e criptomoedas: entenda o que são e como investir

Durante a live, Paes comentou também sobre a “união de esforços” com o governador em exercício do estado, Cláudio Castro (PSC), e o presidente Jair Bolsonaro no combate à pandemia de Covid-19. 

“Vamos trabalhar em parceria com os demais níveis de governo”, finalizou o prefeito.