Quatro milhões de pessoas estão com segunda dose da vacina atrasada no Brasil

Segundo o Ministério da Saúde, cerca de 7% das pessoas com mais de 60 anos não completaram o ciclo de imunização

Alisson Negrini, da CNN, em São Paulo
22 de julho de 2021 às 18:02

Mais de quatro milhões de pessoas em todo o Brasil não voltaram para receber a segunda dose da vacina contra a Covid-19. De acordo com o Ministério da Saúde, cerca de 7% dos indivíduos com mais de 60 anos não completaram ciclo de imunização.

Os estados que apresentam os maiores índices de abstenção da segunda aplicação, em torno de 10%, são Amazonas, Bahia, Pará, Ceará e Rio de Janeiro.

Já em São Paulo, esse número cai para 4,6%. Segundo a última atualização da secretaria estadual de Saúde, pelo menos 642 mil moradores não voltaram aos postos para completar a imunização contra a doença. 

Importância da segunda dose

As vacinas contra a Covid-19 garantem proteção porque previnem a doença, reduzindo as chances de morte e internações. Embora não impeça o contágio nem a transmissão do vírus, a vacinação é essencial, já que induz o sistema de defesa do corpo a produzir imunidade contra o coronavírus pela ação de anticorpos específicos, segundo a Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm).

Vacinação contra o coronavírus em Botucatu, interior de São Paulo
Foto: Vitor Orsola/Uai Foto/Estadão Conteúdo

(publicado por Fernanda Colavitti)