Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Alta de casos coloca em xeque avaliação de que Ômicron é menos danosa, diz Gabbardo

    Apesar da base de ocupação de leitos em São Paulo estar baixa, já é possível constatar um aumento nas internações de ao menos 30%

    Daniela Limada CNN

    Ouvir notícia

    O desempenho da Ômicron no Brasil no início deste 2022 coloca em xeque a avaliação de que esta variante da Covid-19 tem desempenho menos danoso do que as anteriores.

    A avaliação é do coordenador do Centro de Contingência de combate à doença do estado de São Paulo, João Gabbardo.

    O time que toca o combate à Covid-19 no estado vai se reunir hoje. Deve haver uma entrevista coletiva em seguida.

    A constatação nesses primeiros dias de janeiro é a de que a Ômicron – e o surto de influenza – já produziram um aumento significativo no volume de internações no Estado.

    “O fato é que é estamos partindo de uma base muito baixa de ocupação de leitos, mas já é possível constatar um aumento nas internações de ao menos 30%”, analisa Gabbardo.

    Segundo ele, além da Covid, o surto de influenza também contribui para o crescimento no volume das internações.

    Na capital, segundo o secretário de Saúde, Edson Aparecido, o aumento de novos casos de Covid também cresceu cerca de 30%.

    A vigilância sanitária de São Paulo está finalizando um estudo que vai balizar a decisão da prefeitura sobre a realização ou não do Carnaval de rua.

    O Rio de Janeiro confirmou ontem que blocos serão proibidos na capital.

    Mais Recentes da CNN