Anvisa inspecionará fábrica da vacina Sputnik V na Rússia

De acordo com a agência, visitas querem levantar os dados que faltam para analisar pedido de uso emergencial e importações

Anna Satie, da CNN em São Paulo

Ouvir notícia

 A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) comunicou nesta sexta-feira (9) que visitará, na semana que vem, duas fábricas da vacina Sputnik V na Rússia. 

De acordo com a agência, o objetivo da inspeção é verificar se os locais cumprem as boas práticas de fabricação e levantar os dados que faltam para avaliar a autorização do uso emergencial e a importação do imunizante. 

Duas instalações serão examinadas: uma que produz o IFA (insumo farmacêutico ativo) e a vacina finalizada, entre os dias 15 e 21 de abril, e outra, responsável pelo envase e embalagem das doses, que deve acontecer entre os dias 19 e 23 de abril, a confirmar. 

O órgão afirmou que as datas foram definidas “em função da disponibilidade do Fundo Russo que solicitou que a inspeção tivesse início no dia 15 de abril para que houvesse tempo de preparar a documentação necessária para a condução da inspeção”. 

No começo de março, o governo federal assinou um contrato para adquirir 10 milhões de doses do imunizante. No entanto, ele ainda não obteve o registro ou autorização de uso emergencial da Anvisa, que diz faltar dados

Frascos com vacina contra Covid-19 Sputnik V
Frascos com vacina contra Covid-19 Sputnik V
Foto: Akhtar Soomro/Reuters

Mais Recentes da CNN