Bolsa de ostomia: médico explica tratamento de Luciano Szafir

No quadro Correspondente Médico, Fernando Gomes falou sobre item usado por ator durante desfile da SPFW

Da CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

Na edição desta segunda-feira (22) do quadro Correspondente Médico, do Novo Dia, o neurocirurgião Fernando Gomes falou sobre bolsa de ostomia.

O tema foi motivado pela imagem marcante da última semana, na São Paulo Fashion Week (SPFW), quando o ator e modelo Luciano Szafir entrou na passarela usando uma bolsa de ostomia. Ele usa o item desde que enfrentou complicações da Covid-19. Szafir ficou mais de um mês internado por causa da doença.

Segundo o ator, a ideia de desfilar assim foi conscientizar sobre para a quebra do estigma que envolve o uso da bolsa.

“É importante podermos falar sobre isso porque as ostomias em geral ajudam a salvar vidas e, às vezes, representam um passo intermediário de um tratamento, não significando que o uso dela seja definitivo”, disse o médico.

Fernando Gomes explicou que são diversos tipos de ostemias: traqueostomia, gastrostomia e colostomia são algumas das mais comuns.

“Ostomias são aberturas feitas cirurgicamente para promover um tempo em que indivíduo possa cicatrizar ou ter o benefício de interferência externa, por exemplo, na traqueostomia, para colocar um aparelho de ventilação”, disse.

No caso da colostomia, o tratamento feito por Szafir, o objetivo é desviar o fluxo do aparelho digestivo para viabilizar que parte do intestino tenha tempo de cicatrizar e, depois, o trânsito intestinal possa ser refeito, afirmou o médico.

“Na colostomia, uma abertura no intestino fica exposta e se coloca uma bolsa para recolhimento de fezes. Nesses casos, tem todo um cuidado especial com a cicatrização para que o indivíduo não passe por problema nutricional durante esse processo”, apontou Gomes.

(Publicado por: André Rigue)

Mais Recentes da CNN