Brasil registra mais de 24 mil novos casos e bate 23 milhões de infecções de Covid

Segundo dados do Conass, foram 24.934 contaminações e 74 mortes por coronavírus nas últimas 24 horas

Teste para Covid-19 é feito em Porto Alegre.
Teste para Covid-19 é feito em Porto Alegre. Cristine Rochol/PMPA

Fabrício Juliãoda CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

O Brasil registrou 24.934 casos confirmados e 74 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, batendo 23 milhões de infecções.

Os dados são do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). Atualmente, o país contabiliza 23.000.657 casos de infecções e 621.045 vítimas fatais da doença desde o início da pandemia, em março de 2020.

A média móvel de casos divulgadas neste domingo (16) pelo Conass é 68.107, mais que o dobro da que foi registrada no domingo passado (9), com 32.954.

Vale ressaltar que o Distrito Federal e os estados de Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Mato Grosso e Tocantins não conseguiram atualizar os dados.

Portanto, foram mantidos os números de ontem por problemas técnicos no acesso às bases de dados dos sistemas de informações.

Diferentes métodos de diagnóstico

Com a introdução da variante Ômicron do novo coronavírus no Brasil, o país tem acompanhado um aumento exponencial na procura por testes de diagnóstico, tanto na rede pública como em laboratórios privados. Conheça os diferentes métodos de testagem: diagnóstico molecular (RT-PCR), teste rápido de antígeno e exames sorológicos. Leia mais.

Doação de sangue

A Fundação Hemocentro de Brasília registrou uma queda no movimento de doadores de sangue devido ao aumento nos casos de infecções por Covid-19 e por gripe influenza. Segundo a instituição, a queda de doadores foi de 23% na primeira semana de janeiro. Leia mais.

Vacinação infantil

O Ministério da Saúde recebeu, neste domingo (16), mais de 1,2 milhão de vacinas pediátricas da Pfizer que irá contemplar o público infantil de cinco a 11 anos. As doses foram repassadas às cidades e alguns municípios já têm calendário de vacinação contra a Covid-19 ou já iniciaram a vacinação. Leia mais.

Mais Recentes da CNN