Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Canadá começará a vacinar no início da próxima semana

    O primeiro-ministro Justin Trudeau destacou a necessidade de manter os protocolos de saúde pública ao anunciar que as vacinas chegariam ao país

    Premiê do Canadá, Justin Trudeau
    Premiê do Canadá, Justin Trudeau Foto: Blair Gable - 21.out.2020/Reuters

    Paula Newton,

    da CNN

    Os canadenses receberam notícias preocupantes na quinta-feira (10), quando autoridades de saúde pública em várias províncias revelaram um aumento nos casos de Covid-19, apesar das novas restrições e lockdowns. 

    O primeiro-ministro Justin Trudeau destacou a necessidade de manter os protocolos de saúde pública ao anunciar que as vacinas chegariam ao Canadá na segunda-feira (14).

    “As primeiras 30 mil doses devem chegar ao solo canadense em apenas alguns dias. Digo para todos os canadenses: se você está se sentindo aliviado e esperançoso, você não está sozinho, essa é a boa notícia de que todos precisamos. Mas lembre-se que esta é apenas a primeira etapa do que será um grande projeto durante um longo inverno”, afirmou Trudeau durante uma coletiva de imprensa em Ottawa na noite de quinta-feira. 

    Leia também:
    Deputados da Argentina aprovam projeto de lei para legalizar o aborto
    Hospitais lotam nos EUA às vésperas de Colégio Eleitoral oficializar Biden
    Vacina contra Covid-19 diminuirá possibilidade de reinfecção, diz especialista

    O Canadá não está divulgando informações de logística ou rastreamento sobre a vacina Pfizer/BioNTech por causa do que as autoridades dizem ser preocupações de segurança “confiáveis”.  

    No entanto, Trudeau enfatizou que não acredita que haverá problemas na distribuição quando as vacinas chegarem da Bélgica ao Canadá. 

    O cronograma das vacinas no Canadá ocorre quando várias províncias (incluindo as duas maiores do Canadá, Quebec e Ontário) registram casos recordes de Covid-19, com autoridades dizendo que os lockdowns em Toronto e Montreal estão tendo pouco efeito.  

    A província de Ontário divulgou uma nova modelagem na quinta-feira e confirmou que, de acordo com dados de mobilidade, as pessoas estão viajando fora de suas áreas de residência em níveis próximos ao normal e provavelmente não limitando os contatos tanto quanto necessário para impedir a propagação do vírus. 

    Destaques do CNN Brasil Business:
    Fim do mistério: nos 40 anos do Chester, empresa divulga fotos do animal vivo
    Credit Suisse: Brasil tem pior década em 110 anos e retomada só vem com reformas
    Governo de SP deve ampliar o horário do comércio

    Montreal quebrou o recorde de um único dia na quinta-feira com 648 novos casos de Covid-19, uma taxa de crescimento que o diretor de saúde pública da cidade chamou de “alarmante”.

    “Sei que estamos todos cansados, mas precisamos fazer um esforço”, afirmou a doutora Mylène Drouin, diretora de saúde pública de Montreal, durante uma entrevista coletiva na quinta-feira.

    (Texto traduzido, clique aqui para ler o original em inglês).