Cidade do Rio de Janeiro recebe 100 mil doses da vacina contra a gripe

Imunizantes foram enviados pelo Ministério da Saúde nesta quarta-feira (8); vacinação será retomada na quinta (9)

Doses da vacina contra a Influenza
Doses da vacina contra a Influenza Rovena Rosa/Agência Brasil

Camille CoutoLucas Madureirada CNN

no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

Cinco dias após suspender a vacinação contra a gripe por falta de imunizantes, a cidade do Rio de Janeiro recebeu, nesta quarta-feira (8), 100 mil doses da vacina contra a Influenza A H3N2.

Os imunizantes foram enviados pelo Ministério da Saúde para a capital fluminense, que vive um surto da gripe nas últimas semanas.

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro, que fará a retirada das vacinas nas próximas horas, as doses estão na Coordenação Geral de Armazenagem (CGA), em Niterói, na Região Metropolitana. Com isso, a vacinação, que está suspensa desde a última sexta-feira (3), será retomada nesta quinta-feira (9).

Ainda nesta quarta-feira, o Instituto Butantan anunciou a doação de 400 mil doses da vacina contra a gripe para o Rio de Janeiro. O comunicado foi feito pelo governador do estado de São Paulo João Doria (PSDB), por meio das redes sociais. “O esforço tem o objetivo de amenizar o surto da doença que atinge a população carioca”, disse Doria.

Segundo a Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro, cerca de 21 mil pessoas foram diagnosticadas com síndromes gripais nas últimas três semanas. Durante uma entrevista concedida nessa terça-feira (7) à CNN, o secretário municipal da pasta, Daniel Soranz, afirmou que desde o início da campanha de vacinação contra a gripe, no mês de abril, mais de 2,2 milhões de pessoas já se vacinaram na cidade, e que os esforços continuam para ampliar o número de imunizados.

Para dar conta do aumento na demanda por atendimento médico, o governo do estado instalou tendas ao lado de unidades de saúde da capital, em diferentes bairros. “Todas as unidades de atendimento estão atendendo com sobrecarga. Amanhã [quarta-feira], a gente inaugura mais um polo de atendimento da Influenza A. A previsão é inaugurar mais cinco polos da prefeitura, de Influenza A, pra atendimento à gripe”, acrescentou Soranz.

Além do Rio de Janeiro, pelo menos outras 11 capitais do país e o Distrito Federal registraram aumento dos casos de síndromes gripais nas últimas semanas, de acordo com o último Boletim Infogripe, divulgado pela Fundação Oswaldo Cruz, na semana passada.

Mais Recentes da CNN