Correspondente Médico: Você tem dores no corpo quando esfria? Entenda o motivo

Neurocirurgião Fernando Gomes explica o motivo de pessoas sentirem dor durante os dias frios

Ouvir notícia

A temperatura cai e o joelho dói. Na edição desta quarta-feira (26) do quadro Correspondente Médico, do Novo Dia, o neurocirurgião Fernando Gomes esclarece se há alguma relação entre intensificação de dores físicas e o frio.

De acordo com o médico, essa percepção mais forte de dor quando o tempo esfria acomete principalmente pessoas que já têm algum tipo de dor crônica – como artrite, artrose e fibromialgia e outras alterações osteomusculares – e ocorre devido a processos naturais do próprio organismo.

Leia e assista também:
Correspondente Médico: Como o autocuidado afeta a autoestima e a saúde?
O frio pode aumentar a transmissão de Covid-19?
Defesa Civil orienta como ajudar população em situação de rua em dias frios
Visão Responde: Como o frio afeta a saúde das pessoas?

O neurocirurgião Fernando Gomes esclarece frio e dores musculares
O neurocirurgião Fernando Gomes esclarece se há alguma relação entre intensificação de dores físicas e o frio
Foto: CNN (26.ago.2020)

“Existe todo um trânsito de informações elétricas que vêm da pele, das articulações, dos músculos e do próprio cérebro e sabemos que, dependendo da faixa de temperatura, pode existir uma interferência na interpretação desses dados do meio externo para o corpo físico”, afirma. 

A explicação é que “vasos sanguíneos que levam o sangue para a periferia do corpo tendem a fechar um pouco como resposta à queda de temperatura, o que diminui a chegada de sangue e pode provocar alterações”.

“Os músculos que vão receber um pouco menos de sangue também podem sofrer alguma alteração e passar uma sensação ainda maior de dor”, acrescenta.

Segundo ele, trata-se de uma “estratégia do organismo de recolher todo o sangue e calor para dentro dessa região torácica para não perder temperatura e manter a homeostase”, que são as condições internas necessárias para a vida. “Precisamos de um tempinho a mais para aquecer o corpo e essa sensação diminuir”, aponta.

Mulheres podem ser mais afetadas do que os homens, e são influenciadas, inclusive, pela questão hormonal, que também pode alterar essa percepção sobre as dores no frio – que trata-se apenas da resposta do corpo a uma mudança de temperatura externa.

(Edição: André Rigue)

Mais Recentes da CNN