Covid-19: China ultrapassa marca de 1 bilhão de pessoas completamente vacinadas

Mais de 70% da população já está imunizada com as duas doses; foram aplicadas mais de 2,2 bilhões de doses das vacinas contra a Covid-19

Moradores de Wuhan, onde a Covid-19 foi identificada pela primeira vez, são vacinados contra a doença
Moradores de Wuhan, onde a Covid-19 foi identificada pela primeira vez, são vacinados contra a doença Foto: Getty Images (25.mai.2021)

Rafaela Larada CNN*Henrique Andradeda CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

O governo da China anunciou nesta quinta-feira (16) que ultrapassou a marca de 1 bilhão de pessoas completamente vacinadas contra a Covid-19 no país.

O número representa 71% da população da China, que tem 1.4 bilhão de pessoas e é o país mais populoso do mundo.

A taxa de vacinação é superior se comparada a outros países que já abriram suas fronteiras, como o Reino Unido (64,8%) e os Estados Unidos (53,4%).

O anúncio foi feito em coletiva de imprensa nesta quinta pelo porta-voz da Comissão Nacional de Saúde do país, Mi Feng.

Segundo Feng, mais de um bilhão de pessoas já completaram o esquema vacinal contra o coronavírus. No total, a China já aplicou 2,2 bilhões de doses de imunizantes em sua população.

O número total de doses e o número de pessoas já vacinadas na China deixa o país em primeiro lugar no mundo no ranking da vacinação – a taxa de cobertura vacinal está entre as mais altas do mundo.

O país iniciou a vacinação contra a Covid-19 no fim do ano passado e, em junho deste ano, já havia administrado mais de um bilhão de doses dos imunizantes e já tinha mais de 20 milhões de vacinados.

No início de agosto, um surto da variante Delta, considerada mais transmissível, atingiu Wuhan, o epicentro original da pandemia.

A disseminação estimulou restrições às viagens domésticas, com todos os serviços intermunicipais de ônibus, táxis e carros online suspensos em áreas de alto risco.

(Com informações de Nectar Gan e Steve George, da CNN)

Mais Recentes da CNN