Em novo recorde, São Paulo registra 1.193 mortes por Covid-19 em um dia

Essa é a segunda vez que o estado tem mais de 1.000 mortes em um só dia.

Bruna Macedo e Renato Barcellos, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

O estado de São Paulo registrou, nesta sexta-feira (26), 1.193 novas mortes em decorrência da Covid-19. O número representa um recorde de óbitos em 24 horas. Essa é a segunda vez que São Paulo tem mais de 1.000 mortes em um só dia.

O último recorde era de terça-feira (23), quando o estado registrou 1.021 mortes. Como esses novos óbitos, São Paulo totaliza 70.696 mortes pela doença e 2.392.374 pessoas infectadas pelo vírus.

A média móvel também subiu e agora é de 557 mortes por dia. Há 25 dias o estado de São Paulo resgistra tendência de alta nos óbitos.

Esses registros, no entanto, não significam que as mortes aconteceram de um dia para o outro, mas que foram incluídas no sistema durante esse período.

Coveiros usam roupas de proteção em enterros em São Paulo
O último recorde era de terça-feira (23), quando o estado registrou 1.021 mortes
Foto: Paulo Guereta/Ag.O Dia/Estadão Conteúdo

Mudança no sistema de registro

Na última terça-feira (23), o Ministério da Saúde modificou a forma de registro de óbitos por Covid-19 em seu sistema, o que tornou o processo mais lento e burocrático e dificultou o registro de mortes. Após críticas de diversos setores da área da saúde, porém, a mudança foi cancelada, segundo nota oficial da pasta.

Para o registro no sistema do Ministério da Saúde foi estabelecida a necessidade de informar o CPF, o número do cartão SUS e uma série de outras informações obrigatórias que, segundo os técnicos da saúde, iriam atrasar a contagem de óbitos no Brasil.

Tópicos

Mais Recentes da CNN