EUA preveem programa de vacinação contra a Covid-19 para crianças para o dia 8

Os Estados Unidos se preparam para vacinar crianças de 5 a 11 anos de idade contra a Covid-19 com dosagem específica da Pfizer

Crianças de 5 a 11 anos de idade serão vacinadas contra a Covid-19 nos Estados Unidos
Crianças de 5 a 11 anos de idade serão vacinadas contra a Covid-19 nos Estados Unidos Getty Images/Ivan Pantic

Jacqueline Howardda CNN

Ouvir notícia

O programa de vacinação contra a Covid-19 dos Estados Unidos para crianças de 5 a 11 anos estará “funcionando com força total” na próxima semana, afirmou o coordenador de resposta ao coronavírus da Casa Branca, Jeff Zients, durante uma reunião virtual na Casa Branca nesta segunda-feira (1º).

“Embora a vacinação possa começar no final desta semana, o programa ainda estará crescendo em sua força total, com milhões de doses embaladas, enviadas e entregues e milhares de locais adicionais para a vacinação ficando disponíveis online a cada dia”, disse Zients.

Neste momento, 15 milhões de vacinas da Pfizer com dosagem específica para crianças já estão sendo transferidas dos freezers e instalações da farmacêutica para os centros de distribuição.

“Portanto, a partir da semana de 8 de novembro, o programa de vacinação das crianças estará totalmente instalado e funcionando”, disse Zients. “Os pais poderão agendar a vacinação em locais convenientes que já conhecem e confiam para vacinar seus filhos. E o número de locais continuará a aumentar ao longo do mês, à medida que mais locais de vacinação abrem suas portas para a administração da vacina”.

A vacina da Pfizer para crianças de 5 a 11 anos recebeu autorização de uso emergencial da Food and Drug Administration (FDA) – órgão semelhante à Anvisa, dos Estados Unidos, na sexta-feira (29). Os consultores de vacinas dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) se reúnem nesta terça-feira (2) para considerar se recomendam o uso do imunizante nessa faixa etária.

As vacinas podem ser administradas após a aprovação da recomendação pela diretora do CDC, Rochelle Walensky.

A vacina da Pfizer para crianças de 5 a 11 anos não é apenas reformulada com um terço da dose comum, mas empacotada novamente, com uma nova tampa laranja, o que tornará difícil misturar com a vacina para adultos.

** Imagem deve ser usada apenas nesta matéria específica **
Vacina da Pfizer para crianças mais novas nos Estados Unidos apresenta dosagem menor, de 10 microgramas/ Pfizer

A administração do presidente norte-americano Joe Biden garantiu fornecimento de vacina suficiente para imunizar 28 milhões de crianças, de 5 a 11 anos, que são elegíveis para a vacinação. Além disso, ajudará a equipar mais de 25 mil consultórios pediátricos e de atenção primária, centenas de centros de saúde comunitários e clínicas de saúde rurais, bem como dezenas de milhares de farmácias para administrar as doses, segundo a Casa Branca.

A vacina da Pfizer para crianças mais novas apresenta dosagem menor – 10 microgramas, em vez de 30 microgramas. A previsão é de que a vacina seja enviada em embalagens de 100 doses, muito menor do que as embalagens de 1.170 doses utilizadas para as vacinas em adultos.

“A principal diferença para este lançamento é que os consultórios pediatras provavelmente são os melhores locais para administrar vacinas”, escreveu Christina Johns, consultora médica sênior da PM Pediatrics e pediatra em Annapolis, Maryland, em um e-mail para a CNN internacional.

“O maior desafio agora é o desconhecido. Não temos informações sobre quando podemos esperar o recebimento dos embarques e a quantidade de suprimentos, o que pode dificultar a definição de datas e horários”, disse Christina sobre o agendamento para a vacinação.

“Também queremos estar atentos ao fato de que se trata de crianças em fase escolar, por isso precisamos ter certeza de que haverá perda mínima de tempo de ensino. Nosso objetivo é tornar todo o processo conveniente, fácil e acessível para as famílias”.

Este é um texto traduzido. Para ler o original em inglês, clique aqui.

Mais Recentes da CNN