Grã-Bretanha confirma caso humano de gripe aviária

Agência de Segurança Sanitária do Reino Unido afirma que não há evidências de propagação da doença

Caso humano de gripe aviária foi confirmado no sudoeste da Inglaterra
Caso humano de gripe aviária foi confirmado no sudoeste da Inglaterra Toby Melville/Reuters (16.dez.2021)

Alistair Smoutda Reuters

Ouvir notícia

A Agência de Segurança Sanitária do Reino Unido (UKHSA) confirmou na quinta-feira um caso humano de gripe aviária no sudoeste da Inglaterra. Segundo a Agência, a pessoa esteve em contato próximo com aves infectadas e não há evidências de transmissão progressiva.

“A pessoa adquiriu a infecção por contato muito próximo e regular com um grande número de aves infectadas, que manteve dentro e ao redor de sua casa por um período prolongado de tempo”, disse o UKHSA.

“Todos os contatos do indivíduo, incluindo aqueles que visitaram as instalações, foram rastreados e não há evidência de propagação da infecção para mais ninguém. O indivíduo está atualmente bem e se ‘autoisola’. O risco para o público em geral devido às aves e a gripe continua muito baixo.”

Mais Recentes da CNN