Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Para aplicar reforço em maiores de 18 anos, Rio precisa de novas doses

    Secretário Municipal de Saúde disse que não há confirmação sobre novas entregas para atender demanda

    Beatriz Puenteda CNN

    Rio de Janeiro

    Ouvir notícia

    A cidade do Rio de Janeiro precisa de mais doses da vacina contra a Covid-19 para poder disponibilizar a dose de reforço para os maiores de 18 anos. A afirmação é de Daniel Soranz, secretário municipal de Saúde do Rio de Janeiro.

    O Ministério da Saúde anunciou nesta terça-feira (16) a ampliação da faixa etária para receber a terceira dose. Agora, todos os maiores de 18 anos que já receberam a segunda dose há pelo menos cinco meses, podem tomar o reforço.

    “Fomos pegos de surpresa, a gente planejava sim aplicar reforço nesse grupo, mas até o momento não temos essas doses. Vamos aguardar a recomendação do PNI. Na coletiva, o ministro não falou sobre novas entregas”, afirmou o secretário de saúde do Rio, Daniel Soranz.

    Nesta terça-feira (16), a cidade atingiu a faixa etária de 60 anos para a aplicação da terceira dose. Segundo a recomendação anterior do Ministério, o reforço deveria ser destinado aos idosos, profissionais de saúde e pessoas com lato grau de imunossupressão.

    Daniel Soranz também informou que, com as doses disponíveis, um novo calendário para o reforço será montado pela pasta. A cidade já contabiliza quase 1 milhão (971 mil) de doses de reforço aplicadas. Atualmente, 75% da população total do município está com o calendário vacinal completo com as duas doses.

    A CNN apurou que a vacina que será usada na dose de reforço de todos os maiores de 18 anos será a vacina da AstraZeneca, Pfizer ou até mesmo Janssen.

    *Supervisão Thayana Araujo

    Mais Recentes da CNN