‘População deve se conscientizar sobre controle da pandemia’, diz Queiroga

Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, visitou o Maranhão neste domingo (23) para trabalhar em medidas de contenção da variante originária da Índia

Da CNN

Ouvir notícia

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou neste domingo (23), em visita ao estado do Maranhão, que é necessário que a população se conscientize sobre a questão do controle da pandemia. O ministro visitou o estado para trabalhar, junto com autoridades locais, em medidas de contenção da variante originária da Índia do novo coronavírus

“É necessário que a população se conscientize, ela é fundamental nessa questão do controle da pandemia, as autoridades sanitárias trabalham juntas para que tenhamos esse sucesso”, disse o ministro.  

Marcelo Queiroga atendeu ao pedido do prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos), que pleiteou ampliar a cobertura vacinal na região. “Foi acatado pelo Programa Nacional de Imunização. Teremos 5% a mais de vacinas, isso são aproximadamente 300 mil doses, neste primeiro momento”.

Queiroga também afirmou que o estado deve, ainda hoje, ampliar a testagem na população.

“Vamos ampliar o programa de testagem podendo atingir até 20 milhões de testes rápidos, para fazer uma vigilância adequada e continuar todos nós orientado a população em relação às medidas não farmacológicas”, disse. 

O ministro reuniu-se com o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) e garantiu que não há “mal-estar” gerado pelo encontro.  

“Não tem mal-estar nenhum, o governo federal trabalha em parceria com estados e municípios porque o nosso interesse é bem servir o povo brasileiro, por isso estou aqui hoje, vamos trabalhar juntos”, afirmou.

Visita ao Maranhão

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, chegou ao Maranhão na tarde deste domingo para acompanhar a adoção de medidas de contenção da variante originária da Índia do novo coronavírus. Ele se reuniu com autoridades locais para debater as ações.

O ministério enviou 600 mil testes rápidos de antígeno de Covid-19 para o Maranhão. O objetivo é aplicação os testes em pontos estratégicos do estado, como portos, aeroportos, terminais rodoviários e rodovias. 

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), disse em entrevista à CNN no sábado (22) que não há indicativo de transmissão local da cepa.

Na última semana, o governo federal decidiu proibir voos internacionais com origem ou passagem pela Índia, país que enfrenta uma crise decorrente de uma alta recorde de casos e mortes por Covid-19. 

A secretaria da Saúde do Maranhão confirmou neste domingo (23) à CNN que um dos 6 pacientes infectados com a variante da Índia do novo coronavírus foi intubado após uma piora em seu quadro

A presença da nova cepa, a B.1.617.2, foi descoberta no Brasil na quinta-feira (20), quando 6 casos foram detectados entre 24 tripulantes do navio MV Shandong Da Zhi, que veio da China.

Mais Recentes da CNN