Prefeitos de dez capitais apoiam vacinação de crianças contra Covid-19

A Frente Nacional de Prefeitos (FNP) afirma que apoia a imunização de crianças com idades entre 5 e 11 anos desde que a medida seja aprovada pelo Ministério da Saúde

Criança recebe dose da vacina contra Covid-19 CoronaVac em escola pública em Concón, no Chile
Criança recebe dose da vacina contra Covid-19 CoronaVac em escola pública em Concón, no Chile 27/09/2021 REUTERS/Rodrigo Garrido

Victória Cócoloda CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

Prefeitos de dez capitais apoiam a vacinação de crianças menores de 12 anos. O Instituto Butantan está preparando um novo pedido de autorização para imunização de crianças e adolescentes, de 3 a 17 anos, com a vacina CoronaVac. O documento deve ser encaminhado à Anvisa ainda esta semana.

Os apoiadores são os gestores das cidades de Cuiabá (MT); Campo Grande (MS); Goiânia (MS); Boa Vista (RR); Palmas (TO); Aracaju (SE); Recife (PE); Teresina (PI); Florianópolis (SC) e Belém (PA). Todos os prefeitos ressaltaram que seguirão a medida apenas quando for aprovada pelo Ministério da Saúde e tiver garantia de segurança.

Questionada, a Frente Nacional de Prefeitos (FNP) informou que apoia a imunização de crianças com idades entre 5 e 11 anos desde que a medida seja aprovada pelo Ministério da Saúde.

Alguns países como Cuba, Chile, China, El Salvador e os Emirados Árabes Unidos já iniciaram a vacinação das crianças menores de 12 anos. No Brasil, ainda não há autorização para vacinar essa faixa etária.

No dia 12 de novembro, a Pfizer oficializou um pedido à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para vacinar crianças de cinco a 11 anos contra a Covid-19.

Até o momento, o Brasil já vacinou 82% da população adulta. O percentual dos brasileiros no geral imunizados é de 62%.

Criança recebe dose da vacina contra Covid-19 CoronaVac em escola pública em Concón, no Chile / 27/09/2021 REUTERS/Rodrigo Garrido

Mais Recentes da CNN