Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Regeneron diz que sua terapia com anticorpos previne Covid-19

    Número de infecções foi menor entre os que receberam o tratamento e eram assintomáticos, disse empresa

    Ilustração em 3D representando o novo coronavírus
    Ilustração em 3D representando o novo coronavírus Foto: Nexu Science Communication/Reuters

    Jamie Gumbrecht, da CNN

     

    Os resultados provisórios de um teste em andamento mostram que o coquetel de anticorpos monoclonais da Regeneron evitou a Covid-19 entre as pessoas com alto risco de infecção, disse a empresa em um comunicado à imprensa nesta terça-feira, 26.

    O estudo envolveu 400 pessoas que foram expostas ao novo coronavírus. Metade dos indivíduos receberam injeções da terapia de anticorpos, conhecida como Regen-Cov, e metade recebeu um placebo.

    O número de infecções foi menor entre os que receberam o tratamento e eram todos assintomáticos, disse a empresa. Entre aqueles que receberam a terapia, as infecções não duraram mais do que uma semana, enquanto 40% das infecções no grupo do placebo duraram de três a quatro semanas.

    Nenhuma das pessoas infectadas que receberam a terapia tinha altas cargas virais, enquanto 62% das pessoas no grupo placebo que foram infectadas tinham altas cargas virais. Houve uma morte e uma hospitalização no grupo que recebeu o placebo, e nenhuma morte ou hospitalização no grupo de tratamento.

     

    “Esses dados usando Regen-Cov como uma vacina passiva sugerem que pode reduzir a transmissão do vírus, bem como reduzir a carga viral e da doença naqueles que ainda são infectados”, disse George Yancopoulos, presidente e diretor científico da Regeneron em um comunicado à imprensa.

    “Mesmo com a disponibilidade emergente de vacinas ativas, continuamos a ver centenas de milhares de pessoas infectadas diariamente, espalhando ativamente o vírus para seus contatos próximos. O coquetel de anticorpos Regen-Cov pode ajudar a quebrar essa cadeia, fornecendo imunidade passiva imediata para aqueles com alto risco de infecção, em contraste com as vacinas ativas que levam semanas para fornecer proteção. ”

    A Regeneron espera ver os dados completos do estudo no início do próximo trimestre e disse que discutirá com a Food and Drug Administration dos EUA se deve expandir a autorização de uso de emergência para a terapia. O EUA permite que ele seja usado para tratar pessoas com Covid-19 leve ou moderado que não estão hospitalizadas, mas estão em alto risco de desenvolver sintomas graves e necessitar de hospitalização.

    A Eli Lilly and Company anunciou na semana passada que sua terapia de combinação de anticorpos monoclonais, conhecida como LY-CoV555 ou Bamlanivimab, ajudou a prevenir Covid-19 entre residentes de asilos e funcionários em um estudo de Fase 3.

    Texto traduzido. Clique aqui par ler o original, em inglês.