Cobras voadoras? Veja como elas conseguem deslizar pelo ar


Jack Guy, da CNN
01 de julho de 2020 às 13:50
Pesquisa mostra como as "cobras voadoras" se movimentam pelo ar

Pesquisa mostra como as "cobras voadoras" se movimentam pelo ar

Foto: Jake Socha

Para algumas pessoas, a visão de uma cobra no chão já é assustadora o suficiente. Imagine se ela deslizar pelo ar...

A Chrysopelea paradisi — conhecida como serpente da árvore do paraíso — faz exatamente isso, movimentando-se pelo ar de árvore em árvore no Sul e Sudeste da Ásia.

Pouco se conhecia sobre essa espécie, até que um grupo de cientistas da Virginia Tech (Instituto Politécnico e Universidade Estadual da Virginia) publicou uma nova pesquisa nessa segunda-feira (29).

Especialistas afirmam que essas cobras deslizam pelo ar, então o principal autor do estudo, Isaac Yeaton, contou à CNN que o grupo se juntou para entender como elas fazem isso. 

Assista e leia também:

Fãs de Harry Potter, cientistas batizam espécie de cobra de Salazar Sonserina

Gatos domésticos livres causam danos à vida selvagem, aponta estudo

As serpentes fazem um movimento de ondulação enquanto se lançam no ar, e os pesquisadores ficaram curiosos sobre os motivos que levam esses animais a agir dessa forma. O grupo tinha um entendimento básico da ondulação, graças ao trabalho do também autor de estudos Jake Socha, que vem analisando o movimento das cobras há 20 anos.

Todas as serpentes ondulam quando se movimentam no chão, mas as “cobras voadoras” o fazem no ar. Não é preciso necessariamente fazer a ondulação para cair, o que leva à pergunta: “então por que elas fazem isso?”, questionou Yeaton.

Uma hipótese era que esse era um padrão motor básico das cobras desenvolvido ao longo de milhões de anos, mas Yeaton disse que eles agora entendem que a ondulação estabiliza o deslizamento e impede que esses animais caiam, além de permitir que elas percorram distâncias maiores.

Os pesquisadores conduziram experimentos com cobras vivas em ambientes internos na Virginia Tech e desenvolveram um modelo no computador. “É um grande passo”, afirmou Yeaton. A próxima etapa é observar as cobras voando de árvore em árvore em ambientes externos, além de investigar como elas se sustentam e viram no ar.

Yeaton disse à CNN que as cobras são “organismos geradores de perguntas” e ainda há muitos mistérios sobre elas para serem resolvidos.

A Chrysopelea paradisi se movimenta pelo ar de árvore em árvore

A Chrysopelea paradisi se movimenta pelo ar de árvore em árvore

Foto: Mike Diersing

“Assim que você vê, se pergunta ‘como elas fazem isso?’”, afirmou ele, acrescentando que pode ser por isso que tantas pessoas têm medo de répteis. “Temos uma resposta visceral às cobras”, disse. “A ideia de que esses animais podem voar é muito perturbadora para as pessoas.”

A pesquisa completa foi publicada na revista científica Nature Physics.

(Texto traduzido, clique aqui e leia o original em inglês.)