Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    “Que prevaleça a governança”, diz novo presidente da Caixa sobre trocas em vice-presidências

    Posse de Carlos Antônio Vieira Fernandes está marcada para quarta-feira (8), em cerimônia no Palácio do Planalto

    Cargos de vice-presidente têm sido objeto de disputa por partidos do Centrão
    Cargos de vice-presidente têm sido objeto de disputa por partidos do Centrão REUTERS/Adriano Machado

    Marina Demorida CNN

    Brasília

    O novo presidente da Caixa Econômica Federal, Carlos Antônio Vieira Fernandes disse nesta segunda-feira (6) que foi orientado por Luiz Inácio Lula da Silva (PT) a fazer prevalecer a governança e a escolha por bons profissionais nas trocas das 12 vice-presidências da estatal.

    “É um processo dinâmico, como a vida, né? Vamos fazer a coisa da melhor forma possível. Temos orientações do presidente Lula pra gente fazer uma coisa em que prevaleça a governança, prevaleçam os bons profissionais. A intenção é fazer um grande trabalho na caixa”, afirmou.

    Os cargos de vice-presidente têm sido objeto de disputa por partidos do Centrão.

    Vieira foi indicado pelo presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), após semanas de indefinição em torno de quem sucederia Rita Serrano no comando da Caixa.

    Vieira falou com jornalistas pela primeira vez desde a indicação ao cargo, após participar de uma reunião com o presidente Lula e com o ministro da Educação, Camilo Santana, no Palácio do Planalto, para tratar da renegociação do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

    A posse do novo presidente está prevista para quarta-feira (8) às 15h, no Palácio do Planalto.

    Sobre a indicação ao cargo, Vieira, que é funcionário de carreira da Caixa, disse estar “honrado”.

    “Fiz toda a trajetória que um executivo poderia fazer na empresa, por lateralidade fui vice-presidente e agora estou honrado com essa função”, disse o executivo.

    Veja também: Centrão aumenta pressão por vice-presidências da Caixa