Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Boulos tem 37,2%; Nunes, 20,5%; Marçal, 10,4%; e Tabata, 9,9%, diz Atlas/CNN para Prefeitura de SP

    Levantamento ouviu 1.670 moradores da capital paulista entre 22 e 27 de maio; margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos

    Douglas Portoda CNN

    São Paulo

    O deputado federal e pré-candidato à Prefeitura de São Paulo pelo PSOL, Guilherme Boulos, tem 37,2% das intenções de voto ante 20,5% do atual prefeito e pré-candidato à reeleição, Ricardo Nunes (MDB), segundo levantamento do instituto AtlasIntel, divulgado nesta terça-feira (28) e produzido em parceria com a CNN.

    Na sequência, aparece o empresário Pablo Marçal (PRTB), com 10,4%. O PRTB anunciou no último sábado (25) a pré-candidatura de Marçal.

    A deputada federal Tabata Amaral, pré-candidata pelo PSB, aparece com 9,9%. O jornalista José Luiz Datena, que migrou do PSB para o PSDB em abril, tem 7,9%, mesmo número que o deputado federal Kim Kataguiri, pré-candidato pelo União Brasil.

    A economista Marina Helena, pré-candidata pelo Novo, fica com 3,5%. O metroviário Altino Prazeres Jr., pré-candidato do PSTU, aparece com 0,5%.

    Os eleitores que disseram não saber em quem votar somaram 0,9% e os que declararam que iriam votar em branco ou nulo ficaram em 1,4%.

    A pesquisa Atlas/CNN foi registrada na Justiça Eleitoral como SP-05357/2024. Foram entrevistados 1.670 moradores da cidade de São Paulo, por meio de Recrutamento Digital Aleatório (Atlas RDR), entre os dias 22 e 27 de maio.

    A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%.

    Outro cenário

    O levantamento também testou o mesmo cenário feito no levantamento de abril, ou seja, sem a presença de Datena e Marçal.

    Nesse quadro, Boulos mantém 37,2% das intenções de voto e Nunes, 32,6%.

    A distância entre os dois aumentou nesse cenário. No primeiro levantamento, em 24 de abril, Boulos aparecia com 35,6% e Nunes, com 33,7% — os dois estavam empatados tecnicamente na ocasião, cenário que não se repete desta vez.

    Tabata Amaral, em abril, aparecia com 14,7%. Agora, nesse cenário, tem 11,1%. Kim Kataguiri foi de 9,4% para 9,3%. Marina Helena passou de 3,5%, em abril, para 3,7% em maio.

    Já Altino Prazes Jr., que não havia pontuado anteriormente, aparece com 1,2%.

    Entre os entrevistados, 2,7% disseram ainda não saber em quem votar. Os que declararam que devem optar por voto em branco ou nulo são 2,3%. Antes, eram 0,9% e 2,2%, respectivamente.

    O que é o Recrutamento Digital Aleatório (Atlas RDR)

    Os entrevistados da AtlasIntel são recrutados durante a navegação de rotina pela internet. Esses usuários são geolocalizados a partir de qualquer tipo de dispositivo — smartphones, tablets, laptops ou PCs.

    Em comparação com pesquisas presenciais domiciliares ou em pontos de fluxo (na rua ou pontos de ônibus, por exemplo), a metodologia do Recrutamento Digital Aleatório (RDR) evita o eventual impacto psicológico da interação humana no momento da entrevista.

    Ou seja, o eleitor pesquisado pode responder o questionário em condições seguras de anonimato, sem temer causar uma impressão negativa para o entrevistador ou para pessoas que eventualmente possam estar ouvindo as respostas compartilhadas durante a entrevista.