Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Relembre momentos marcantes da carreira de Anderson, vocalista do Molejo

    Cantor morreu nesta sexta-feira (6), vítima de um câncer inguinal

    Nicoly Bastosda CNN

    São Paulo

    Morreu nesta sexta-feira (26), o cantor Anderson Leonardo, vocalista do grupo de pagode Molejo. Aos 51 anos, o artista tratava desde 2022 um câncer inguinal, tipo raro de tumor que afeta toda a região da virilha.

    Com mais de 30 anos de carreira, o músico ganhou fama no início da década de 1980, quando integrou o grupo Molejo, se tornando uma grande referência no pagode. Anderson deixa quatro filhos: Leozinho Bradock, Alissa, Rafael Phelipe e Alice, todos frutos de seu casamento com a administradora Paula Cardoso.

    O primeiro hit da banda na voz de Anderson veio com “Caçamba”, música que integra o primeiro álbum, lançado em 1994. Após o sucesso, outras faixas conquistaram o público como “Brincadeira de Criança”, “Dança da Vassoura”, “Cilada” e “Paparico”.

    Relembre momentos marcantes da carreira de Anderson Leonardo

    Cantando com o Rei Roberto Carlos, aos 13 anos

    Quando tinha apenas 13 anos de idade, Anderson Leonardo teve a oportunidade de participar de um programa especial para o Rei Roberto Carlos, na TV Globo. Na ocasião, ele cantou com o astro e disse que este foi o momento em que percebeu que queria seguir carreira na música.

    “Tive a certeza quando cantei em um especial do Roberto Carlos ao lado de Jovelina Perola Negra, Zeca Pagodinho, Almir Guineto, Grupo Fundo de Quintal, ali quando cheguei na televisão, eu disse: Opa é isso que quero pra minha vida! E a partir levei muito a sério, ali tive a certeza que havia chegado a um outro patamar”, contou ele em entrevista ao jornal Meia Hora em 2021.

    Início no topo das paradas

    O primeiro álbum do grupo Molejo, o “2ª Edição” foi lançado em 1993 e rapidamente conquistou o público e vendeu mais de 100 mil cópias. A música de destaque do disco foi “Caçamba”, responsável por colocar a banda no topo das paradas de sucesso.

    O terceiro álbum do grupo, intitulado “Não Quero Saber de TiTiTi”, de 1996, também consagrou o grupo no estrelato principalmente com o hit “Cilada”, uma das maiores músicas da banda até hoje.

    Nos anos seguintes, o grupo ainda lançou outras músicas ainda populares, como “Pé de Chinelo”, “Brincadeira de Criança”, “Dança da Vassoura” e “Paparico”.

    Interação com Lady Gaga

    A música “Cilada” ganhou novo destaque no ano de 2016, quando a cantora norte-americana Lady Gaga lançou o single “Perfect Illusion”. Isso porque a música foi muito comparada pelas redes sociais.

    “Não era amor, foi uma ilusão perfeita”, canta a americana, enquanto o grupo carioca dizia 20 atrás: “não era amor, era cilada”. Os streams da canção do grupo chegaram a ser impulsionados naquele ano.

    Lady Gaga chegou a falar da música em seu perfil no Facebook. “Isso não era amor, não era! Mas com Joanne não tem cilada! Ouça “Perfect Illusion”, “Million Reasons”, “Ayo” e outras músicas no Spotify Brasil!”, escreveu a cantora.

    Últimos shows da carreira

    Mesmo enfermo, ainda este ano, Anderson Leonardo continuou a fazer shows com o Molejo. Durante o Carnaval, o grupo realizou apresentações e, em uma delas, Anderson aparece cantando sentado o hit “Macetando”, de Ivete Sangalo e Ludmilla. O momento foi compartilhado pelo perfil da banda no Instagram.