Boateng não jogará a final do Mundial pelo Bayern após morte da ex-namorada

Zagueiro deveria ser reforço do campeão alemão na final do Mundial de Clubes da FIFA, nesta quinta-feira (11)

Luana Franzão*, da CNN, em São Paulo
10 de fevereiro de 2021 às 15:59
Jérôme Boateng e Kasia Lenhardt
Jérôme Boateng, zagueiro do Bayern de Munique, e sua ex-namorada Kasia Lenhardt, encontrada morta na terça-feira (9)
Foto: Reprodução/Facebook

O Bayern de Munique enfrentará o clube mexicano Tigres UANL na quinta-feira (11) na final do Mundial de Clubes da FIFA sem um de seus principais jogadores, o zagueiro Jérôme Boeteng, de acordo com o técnico do time alemão, Hansi Flick.

 

O atleta que fez parte da Alemanha que ganhou a Copa do Mundo de 2014 voltará para casa por conta da notícia da morte de sua ex-namorada, a modelo polonesa Kasia Lenhardt. Ela foi encontrada morta em seu apartamento em Berlim, na terça-feira (9). De acordo com a polícia local, o caso não é tratado como homicídio.

O casal havia se separado há uma semana após um relacionamento complicado, repleto de acusações de infidelidade e manipulação de ambas as partes.

“Isso nos surpreendeu”, disse Flick em uma coletiva de imprensa virtual. “Jérôme veio até mim e perguntou se poderia ir para casa. Depois de um teste negativo de Covid-19 ele irá para casa e não estará disponível por tempo indeterminado.”

 

Os campeões alemães estão em busca do sexto título em menos de seis meses, com esperanças de repetir o feito do Barcelona em 2009, quando o time espanhol levou seis torneios.

O Bayern venceu o campeonato nacional e a Liga dos Campeões em 2020, além das Supercopas Alemã e Europeia. Eles também estão na liderança da Bundesliga, sete pontos na frente do segundo lugar, o RB Leipzig.

*com informações da Reuters