Astro da NBA, Kyrie Irving será afastado de time por não ter se vacinado

Devido à exigência de imunização de Nova York, o armador não está elegível para as partidas disputadas na arena de sua equipe

Kyrie Irving, armador do Brooklyn Nets
Kyrie Irving, armador do Brooklyn Nets Reuters

Ben Churchda CNN

Ouvir notícia

O gerente do Brooklyn Nets, Sean Marks, confirmou que o armador da equipe, Kyrie Irving, “não vai jogar ou treinar com o time até que ele seja elegível para ser um participante completo” das atividades, já que as questões relativas ao seu status de vacinação continuam incertas.

Na última sexta-feira (8), um funcionário da prefeitura de Nova York disse à CNN que Irving terá permissão para praticar nas instalações do time, mas não será elegível para jogar as partidas dos Nets no Barclays Center, devido à exigência de vacinação contra Covid-19 da cidade.

O técnico Steve Nash admitiu que seu time ficará sem Irving nos próximos jogos em casa, mas Marks disse que o Nets não permitiria que um membro do time trabalhe apenas meio período.

O armador é um dos grandes destaques da NBA e decidiu não compartilhar seu status de vacinação. “Gostaria de manter isso privado”, disse Irving ao ser questionado recentemente em entrevista coletiva.

A liga já informou que as exigências de imunização de Nova York e San Francisco podem impedir jogadores de Brookly Nets, New York Knicks e Golden State Warriors de competir nos jogos em casa se eles não estiverem vacinados.

“Kyrie fez uma escolha pessoal e respeitamos seu direito individual de escolha”, disse Marks em um comunicado. “Atualmente, a escolha restringe sua capacidade de ser membro da equipe em tempo integral, e não permitiremos que nenhum membro de nossa equipe participe com disponibilidade de meio período”.

“Nossos objetivos para o campeonato para a temporada não mudaram e, para alcançá-los, cada membro de nossa organização deve seguir na mesma direção. Estamos empolgados com o início da temporada e esperamos uma campanha de sucesso que fará com que o município de Brooklyn orgulhoso”, completou.

Mais Recentes da CNN