Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Palmeiras é absolvido após identificar torcedor que cuspiu em Tite

    Caso foi julgado pelo STJD nesta quarta-feira (12); partida aconteceu em abril no Allianz Parque

    Tite, técnico do Flamengo
    Tite, técnico do Flamengo Flamengo

    Brenno Costada Itatiaia

    O Palmeiras foi absolvido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), em julgamento realizado nesta quarta-feira (12), depois de identificar o torcedor que cuspiu no técnico Tite no empate em 0 a 0 com o Flamengo, no Allianz Parque, pela terceira rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

    O clube alviverde foi denunciado pelo artigo 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que fala em “deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir desordens em sua praça de desporto”. A multa prevista fica entre R$ 100 e R$ 100 mil.

    Os auditores do STJD entenderam que a diretoria alviverde tomou as medidas necessárias para se retratar do caso, que foi denunciado por Tite logo após o confronto, em entrevista coletiva. Na ocasião, o treinador revelou que foi atingido por um cuspe durante o intervalo do jogo.

    Dois dias após as queixas do comandante do Flamengo, o Palmeiras, por meio das câmeras de segurança e do sistema de biometria facial utilizado em todos os acessos ao Allianz Parque, flagrou o autor da atitude hostil.

    O torcedor identificado, cujo nome não foi revelado, é um integrante do programa Passaporte, gerido pela Real Arenas, braço da WTorre que administra o Allianz Parque. A construtora decidiu expulsá-lo do quadro.


    Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original