Rainha Elizabeth II não participará da missa de Páscoa em Windsor, diz fonte

Pela primeira vez em 50 anos, a monarca não compareceu ao culto da Quinta-feira Santa nesta semana

Max FosterToyin Owosejeda CNN

Ouvir notícia

A Rainha Elizabeth II não se juntará a outros membros da família real britânica para o culto do Domingo de Páscoa no Castelo de Windsor neste ano, de acordo com uma fonte real.

A notícia vem dias depois da monarca não participar do culto anual da Quinta-feira Santa pela primeira vez em mais de 50 anos. Outros membros da família real devem estar presentes no domingo (17).

A rainha, que é chefe da Igreja da Inglaterra, faltou a alguns compromissos públicos recentemente.

Embora diga estar com boa saúde, Elizabeth II tem alguns problemas de mobilidade e vem delegando cada vez mais aparições públicas a outros membros da realeza.

Em fevereiro, o Palácio de Buckingham anunciou que a monarca de 95 anos havia testado positivo para Covid-19, com sintomas leves. Apesar do diagnóstico, ela realizou tarefas simples em Windsor.

A rainha revelou na semana passada que a doença a deixou “muito cansada e exausta”. Em uma ligação de vídeo com funcionários e pacientes de um hospital do leste de Londres, Elizabeth II disse a um deles: “Estou feliz que você esteja melhorando… Essa pandemia horrível. Não é um bom resultado”.

Embora a rainha tenha se juntado à família real em março para um serviço memorial em homenagem ao seu falecido marido, o príncipe Philip, ela perdeu o evento anual de quinta-feira (14), um importante evento pré-Páscoa no calendário real.

Esta foi a primeira vez desde 1970 que a rainha não pôde comparecer ao chamado Serviço Maundy. O príncipe Charles tomou seu lugar, seguindo a tradição de distribuir moedas especiais para os fiéis da comunidade.

O 96º aniversário da rainha é em 21 de abril. A ocasião será marcada com uma saudação real de 41 tiros no Hyde Park, mas as maiores festividades serão reservadas para seu aniversário oficial em junho.

Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

versão original

Mais Recentes da CNN