Rússia condena adesões à Otan, negociações entre PSDB e MDB e mais de 16 de maio

Vice-chanceler russo disse que entra de Finlândia e Suécia na aliança militar ocidental é um “erro com consequências abrangentes”

Faixas com o logo da Otan na sede da entidade, em Bruxelas
Faixas com o logo da Otan na sede da entidade, em Bruxelas Divulgação

Da CNN

Ouvir notícia

As declarações do vice-chanceler russo sobra adesões de Finlândia e Suécia à Otan, chamando a decisão de um “erro que teria consequências abrangentes”, e a disputa de forças no PSDB entre os aliados de João Doria e a executiva nacional do partido sobre a candidatura à presidência estão entre os destaques desta segunda-feira (16).

Rússia: Adesão de Finlândia e Suécia à Otan é um “erro com consequências abrangentes”

O vice-chanceler russo, Sergei Ryabkov, disse nesta segunda-feira (16) que a Finlândia e a Suécia não devem ter ilusões de que Moscou simplesmente vai tolerar sua adesão à Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), chamando a decisão de um erro que teria consequências abrangentes.

A mudança de postura de duas potências historicamente neutras seria uma das maiores transformações da arquitetura de segurança da Europa em décadas, refletindo uma mudança radical nas percepções na região nórdica desde que a Rússia invadiu a Ucrânia em 24 de fevereiro.

“É claro que a situação está mudando radicalmente à luz do que está acontecendo”, disse Ryabkov, segundo a agência de notícias Interfax. “O fato de que a segurança da Suécia e da Finlândia não será reforçada como resultado desta decisão é muito claro para nós”.

Após Doria chamar acordo de “golpe”, PSDB deve prosseguir negociações com MDB

Mesmo sob a pressão de João Doria, a executiva nacional do PSDB não deve encerrar as negociações com o MDB para a formação de uma candidatura única ao Palácio do Planalto.

Neste final de semana, o presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, marcou reunião da cúpula da sigla para a próxima terça-feira (17). O objetivo do encontro é discutir pedido feito pelo ex-governador de São Paulo para que sua candidatura seja mantida.

Em carta enviada a Araújo, neste sábado (14), Doria chamou de “tentativa de golpe” a contratação de uma pesquisa para definir a candidatura única da terceira via ao Palácio do Planalto.

Aliados de João Doria decidiram judicializar a disputa e devem recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para tentar garantir o resultado das prévias do partido, realizadas em novembro do ano passado.

Biden se encontrará com famílias das vítimas de tiroteio em Buffalo nesta terça (17)

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, viajará para Buffalo, Nova York, nesta terça-feira (17) para se encontrar com as famílias das 10 vítimas do tiroteio em massa com motivação racial ocorrido em um supermercado da cidade no último sábado (14), informou a Casa Branca neste domingo (15).

Biden disse a repórteres no início do domingo que “ainda não” havia falado com as famílias das vítimas e estava “tentando acertar o cronograma” para fazer uma viagem à área. Ele também falou por telefone com a governadora democrata de Nova York Kathy Hochul no domingo.

O suposto atirador fez declarações muito perturbadoras descrevendo seu motivo e estado de espírito após sua prisão, de acordo com um funcionário familiarizado com a investigação.

O funcionário disse à CNN que as declarações feitas após a prisão foram claras e cheias de ódio contra a comunidade negra. O suposto atirador fez saber que estava mirando a comunidade negra durante as declarações, segundo o funcionário.

Contra-ataque ucraniano em Kharkiv chega à fronteira com a Rússia

Uma unidade militar ucraniana lutando ao norte de Kharkiv diz que chegou à fronteira russa, com a mensagem: “Senhor presidente, conseguimos!”.

Vídeo enviado pela unidade e divulgado pelo Ministério de Defesa da Ucrânia mostra um pequeno grupo carregando uma estaca azul e amarela até a linha de fronteira com a Rússia.

Os militares ucranianos disseram nesta segunda-feira (16) que em torno de Kharkiv “o inimigo está concentrando seus principais esforços em manter suas posições e impedir o avanço de nossas tropas” em direção à fronteira.

Veja como foi o eclipse total da Lua no Brasil e no mundo

O primeiro e único eclipse lunar total de 2022 aconteceu entre a noite de domingo (15) e a madrugada desta segunda-feira (16). Moradores do Brasil e de várias partes do mundo se reuniram para acompanhar e registrar o fenômeno.

O eclipse era vísivel em todo o território brasileiro e estava previsto para durar até às 3h desta segunda.

De acordo com o diretor de Astronomia da Fundação Planetário da Cidade do Rio de Janeiro, Leandro Guedes, esse fenômeno ocorre quando a lua entra na área de sombra da Terra, sendo visível a olho nu. Segundo ele, o eclipse lunar se dá em períodos em que o sol, a Terra e a lua estão alinhados, necessariamente nesta ordem.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br

* Publicado por Léo Lopes

Mais Recentes da CNN