Polícia prende homem que estaria armado próximo à sede da ONU em Nova York

Suspeito fez declarações no local culpando a ONU pelo que ele alegou ter sido um impacto negativo no mundo, disse um oficial da lei à CNN

Richard RothMirna AlsharifKristina SguegliaJoão de Marida CNN*

em Nova York e São Paulo

Ouvir notícia

A polícia de Nova York prendeu nesta quinta-feira (2) um homem que estaria armado próximo à sede da Organização das Nações Unidas (ONU) em Nova York, nos Estados Unidos. O suspeito tem cerca de 60 anos e estava segurando um objeto parecido com uma arma.

Mais cedo, os policiais disseram que se tratava de uma espingarda. Antes de se entregar à polícia, o homem deixou vários objetos na calçada. Os materiais foram levados para perícia.

No entanto, o porta-voz do Departamento de Polícia de Nova York (NYPD, na sigla em inglês), Tenente Cathy Gamble, ainda não é possível confirmar os detalhes sobre a suposta arma.

O suspeito fez declarações no local culpando a ONU pelo que ele alegou ter sido um impacto negativo no mundo, disse um oficial da lei à CNN Internacional.

Uma segunda fonte policial disse que o homem estava sendo transferido para um hospital próximo.

Durante o período das operações, que começaram na manhã desta quinta, o prédio da ONU ficou fechado.

A CNN Internacional está entrando em contato com a ONU para comentar o ocorrido.

Operação policial

A atividade policial que estava acontecendo fora do complexo da sede da ONU desde cerca de 10h45 no horário local terminou “calmamente” às 13h40, disse Stephane Dujarric, porta-voz da ONU, à CNN Internacional.

O portão de pedestres na 42nd Street permanece fechado por enquanto, pois o NYPD realiza ainda operações na área. No entanto, espera-se que o portão seja aberto em breve, disse ele.

“Não temos nenhuma indicação de que essa pessoa seja um funcionário ou ex-funcionário ou de alguma forma ligado à ONU”, disse o porta-voz da ONU Stephane Dujarric em entrevista coletiva.

Dujarric disse que um bloqueio total inicial foi parcialmente facilitado no início da tarde com a reabertura de uma entrada separada.

Todos os ocupantes do da sede da ONU foram aconselhados a retomar suas funções normais, de acordo com uma mensagem interna da segurança do local.

(*Com informações da Reuters)

(*Texto traduzido. Clique aqui para ler original em inglês)

Mais Recentes da CNN