Brasil tem apenas 1% de sites com acessibilidade

Falta de intérprete ou legendas dificultam a vida virtual de deficientes auditivos

Soraya LauandIsabela Filardida CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

Pesquisa realizada pelo “Movimento Web Para Todos”, que mapeou a experiência de uso de sites e aplicativos por pessoas com algum tipo de deficiência, mostra que o número de sites brasileiros aprovados em todos os testes de acessibilidade representa menos de 1% do total.

Pensando nos desafios desse público, nasceu a empresa Wise Hands, com o objetivo de desenvolver soluções capazes de vencer as barreiras de comunicação enfrentadas pelo surdos.

Um dos caminhos encontrados foi a educação: a “Tech School” oferece capacitação à distância para os surdos trabalharem principalmente com TI.

“A Tec School vem resolvendo um problema mundial que é a falta de programadores ou pessoas na área de TI e o surdo tem muita habilidade para estar ocupando esses cargos”, disse Júnior Gaino, CEO da Wise Hands.

A rede “Movimento Web Para Todos”, que reúne organizações parceiras, se baseia em três pilares: mobilização, capacitação e transformação.

Gaino afirmou que a jornada para unir tecnologia e acessibilidade ainda é longa, e que essa é sua maior meta. Para ele, a comunidade surda precisa estar organizada e fortalecida para que também possa reivindicar essa inclusão.

Mais Recentes da CNN